Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Maleato de Acepromazina

Classificaçāo

Sedativo

Receita

Controle Especial - Veterinário

Espécies

Cães e Gatos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Maleato de acepromazina 1,0 g

Veículo aquoso q.s.p. 100,0 mL

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Apromazin Oral, frasco (10 mL)
  • - Apromazin Oral, frasco (30 mL)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Neuroléptico tranquilizante, contudo a sua principal aplicação é como pré-anestésico em cães. Ela confere potencialização acentuada dos barbitúricos, facilitando a manipulação e a contenção de animais.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

A droga é contraindicada na maioria dos tipos de choque, podendo resultar na queda crítica da pressão arterial e no retorno venoso. Também é contraindicado em caso de deficiência circulatória ou insuficiência circulatória aguda e em animais susceptíveis a convulsões ou naqueles submetidos a procedimentos mielográficos. A acepromazina pode potencializar a toxicidade dos organofosforados com o envenenamento orgâncio do fosfato.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

Apromazin Oral 1%

Recomendado

Cães e Gatos

1 - 3 gota / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Pode ser aplicado diretamente na boca ou com um pouco de água ou leite.

Os tranquilizantes são depressores potentes do sistema nervoso central e podem causar sedação seguida de supressão do sistema nervo simpatomimético. Podem produzir efeito prolongado na depressão ou inativação do sistea motor quando fornecidos a animais sensíveis.

Como outros derivados da fenotiazina, a acepromazina intoxica o fígado, portanto deve ser usada com cautela em animais com histórico de disfunção renal ou leucopenia. Apromazin Gotas é o neuroléptico e tranquilizante de escolha do veterinário para aplicação principalmente na contenção de cães. Também é um importante aliado do tutor para as mais diversas situações do dia-a-dia, como medo de fogos, latidos constantes, e longas viagens.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

Não misturar glicopirrolato e fenotiazinas ou diazepam.

FARMACODINÂMICA

Seu mecanismo de ação envolve o bloqueio dos receptores nervosos da dopamina no cérebro, causando consequente sedação, relaxamento muscular e também efeito anti-emético.

FARMACOCINÉTICA

A droga é metabolizada no fígado e seus metabolizados conjugados e não conjugados são excretados na urina. O efeito sedativo é manifestado 5 minutos após injeção endovenosa, mas em alguns casos o efeito total não se manifesta em 20 minutos e quando a droga é utilizada na pré-medicação através desta via, pelo menos esse período deve ser acompanhado antes que o agente anestésico seja fornecido.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.