Informações

Substância(s) Ativa(s)

Maleato de Acepromazina

Tipo

Sedativo

Apresentações e concentrações

  • - Apromazin Oral frasco (10 mL)
  • - Apromazin Oral frasco (30 mL)

INDICAÇÕES

Neuroléptico tranquilizante, contudo a sua principal aplicação é como pré-anestésico em cães. Ela confere potencialização acentuada dos barbitúricos, facilitando a manipulação e a contenção de animais.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

A droga é contraindicada na maioria dos tipos de choque, podendo resultar na queda crítica da pressão arterial e no retorno venoso. Também é contraindicado em caso de deficiência circulatória ou insuficiência circulatória aguda e em animais susceptíveis a convulsões ou naqueles submetidos a procedimentos mielográficos. A acepromazina pode potencializar a toxicidade dos organofosforados com o envenenamento orgâncio do fosfato.

Espécie de animal

Canino, Felino

Interações

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Utilização

Via

Oral

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Maleato de acepromazina 1,0 g

Veículo aquoso q.s.p. 100,0 mL

OBSERVAÇÕES

Pode ser aplicado diretamente na boca ou com um pouco de água ou leite.

Os tranquilizantes são depressores potentes do sistema nervoso central e podem causar sedação seguida de supressão do sistema nervo simpatomimético. Podem produzir efeito prolongado na depressão ou inativação do sistea motor quando fornecidos a animais sensíveis.

Como outros derivados da fenotiazina, a acepromazina intoxica o fígado, portanto deve ser usada com cautela em animais com histórico de disfunção renal ou leucopenia.

Apromazin Oral 1%

Recomendado

Cães e Gatos

1 - 3 gota / kg

calcular

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

Não misturar glicopirrolato e fenotiazinas ou diazepam.

FARMACODINÂMICA

Seu mecanismo de ação envolve o bloqueio dos receptores nervosos da dopamina no cérebro, causando consequente sedação, relaxamento muscular e também efeito anti-emético.

FARMACOCINÉTICA

A droga é metabolizada no fígado e seus metabolizados conjugados e não conjugados são excretados na urina. O efeito sedativo é manifestado 5 minutos após injeção endovenosa, mas em alguns casos o efeito total não se manifesta em 20 minutos e quando a droga é utilizada na pré-medicação através desta via, pelo menos esse período deve ser acompanhado antes que o agente anestésico seja fornecido.

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório