Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Cloridrato de Atipamezol

Classificaçāo

Antagonista α2- adrenérgico

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

COMPOSIÇÃO

Cada 1,0 mL contém:

Cloridrato de Atipamezole 5,0 mg

Veículo q.s.p. 1,000 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

INTOXICAÇÃO NO HOMEM:

Devido à potente atividade farmacológica do atipamezole, recomenda-se que o contato do produto Antisedan com pele e mucosas seja evitado. Recomenda-se a utilização de luvas impermeáveis durante a manipulação e administração do produto. No caso de contato do produto com pele ou mucosa, lavar abundantemente com água. No caso de auto-injeção ou ingestão acidental, procurar ajuda médica imediatamente, levando consigo a bula ou embalagem do produto. Não dirigir. Não deixar o paciente sem supervisão. Pessoas com sabida hipersensibilidade ao ativo ou qualquer dos excipientes da fórmula, devem administrar o produto com cuidado, e utilizar luvas impermeáveis ao manipulá-lo.

PRECAUÇÕES:

Antisedan pode provocar uma reversão abrupta da sedação e, presumivelmente, da analgesia.

O potencial de comportamento apreensivo ou agressivo deve ser considerado no manejo de cães se recuperando da sedação, especialmente aqueles indivíduos predispostos a estes comportamentos.

Pessoas manejando cães que receberam Antisedan recentemente devem ser cautelosas, e também evitar situações onde o animal possa sofrer uma queda. Informações sobre o uso concomitante de atipamezole e outras drogas não são completas, portanto o uso de diversas medicações deve ser exercido com cuidado.

A administração de agentes anestésicos em animais idosos ou debilitados deve ser feita com cuidado.

ARMAZENAMENTO

Deve ser mantido em sua embalagem original, em temperatura ambiente (15°C a 30°C) e protegido da luz solar. Após a retirada da primeira dose, utilizar todo o conteúdo dentro de 30 dias.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Antisedan, frasco (10 mL)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Antisedan é indicado para reverter os efeitos sedativos e analgésicos da medetomidina e da dexmedetomidina, em cães e gatos. Ele também reverte todos os outros efeitos da medetomidina e da dexmedetomidina, como efeitos cardiovasculares e respiratórios.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

O uso concomitante de outras drogas com efeito sobre o sistema nervoso central, exceto às especificadas nesta bula, não é recomendado. Não usar Antisedan em cães, quando a combinação medetomidina e butorfanol ou dexmedetomidina e cetamina, tiverem sido utilizadas.

EFEITOS ADVERSOS

Cães: Efeito hipotensivo passageiro foi observado nos primeiros 10 minutos após a administração de Antisedan. Breve período de comportamento apreensivo ou excitado, vômito, respiração ofegante, defecação e tremores musculares foram observados raramente.

Gatos: Possível hipotermia (mesmo no animal já acordado), quando usadas doses baixas de Antisedan para reverter parcialmente os efeitos sedativos da medetomidina ou da dexmedetomidina.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em cadelas e gatas prenhes.

SUPERDOSAGEM

Após uma possível overdose de Antisedan, pode-se observar um estado de hiperexcitação e taquicardia. A melhor maneira de lidar com a hiperexcitação em gato é minimizar estímulos externos (luz, barulho).

Administração e doses

Via(s)

IM

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Sempre que necessário, a criterio do médico veterinário.

OBSERVAÇÕES

Cães: a dose ideal em microgramas por quilograma é de 5 (cinco) vezes a dose de medetomidina ou 10 (dez) vezes a dose de dexmedetomidina.


Gatos: A dose ideal do produto, em microgramas por quilograma é de 2,5 (duas e meia) vezes a dose de medetomidina administrada ou 5 (cinco) vezes a dose de dexmedetomidina.

A dose em microgramas por quilograma de Antisedan não deve exceder 4 (quatro) vezes a dose previamente administrada de medetomidina ou 8 (oito) vezes a dose previamente administrada de dexmedetomidina.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

Cães: Efeito hipotensivo passageiro foi observado nos primeiros 10 minutos após a administração de Antisedan. Breve período de comportamento apreensivo ou excitado, vômito, respiração ofegante, defecação e tremores musculares foram observados raramente.

Gatos: Possível hipotermia (mesmo no animal já acordado), quando usadas doses baixas de Antisedan para reverter parcialmente os efeitos sedativos da medetomidina ou da dexmedetomidina.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em cadelas e gatas prenhes.

SUPERDOSAGEM

Após uma possível overdose de Antisedan, pode-se observar um estado de hiperexcitação e taquicardia. A melhor maneira de lidar com a hiperexcitação em gato é minimizar estímulos externos (luz, barulho).

MONITORAMENTO

Os animais devem ser monitorados, particularmente para hipotermia persistente, bradicardia e depressão respiratória, até completa recuperação. Antisedan reverte os sinais clínicos associados com a sedação por medetomidina e dexmedetomidina, mas a volta fisiológica completa para o estado pré-tratamento pode não ser imediata, e deve ser monitorada.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.