Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Levetiracetam

Classificaçāo

Anticonvulsivante

Receita

Controle Especial - Humano

Espécies

Cães

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, entre 15°C e 30°C, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Levetiracetam 250 mg, comprimido
  • - Levetiracetam 750 mg, comprimido
  • - Keppra 250 mg, comprimido
  • - Keppra 750 mg, comprimido

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Usado no tratamento de convulsões, principalmetne em pacientes refratários a outras medicações connvencionais.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não deve ser administrado em animais com hipersensibilidade ao princípio ativo.

EFEITOS ADVERSOS

Em humanos há relatos de letargia, fraqueza e vertigem.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não há estudos dos efeitos em pacientes gestantes, nem quanto a eliminação do medicamento no leite, logo o uso não é recomendado para estas pacientes.

SUPERDOSAGEM

Altas dosagem podem aumentar a intesidade dos efeitos adversos.

Administração e doses

Via(s)

IV

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

8 horas

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

A critério do médico veterinário

Como droga isolada

Recomendado

Cães

20 mg / kg

calcular

Associado a outros anticonvulsivantes

Recomendado

Cães

7 - 20 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Em situações emergenciais, usar a administração IV em bolus de 20 mg/kg, podendo ser repetida até chegar 60 mg/kg caso haja necessidade.

A formulação injetável quase não é usada em medicina veterinária.

Interações medicamentosas

Observações da interação

Desconhecida

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Inibe a ativação dos neurônios sem alterar os mecanismos da excitação neuronal normal.

FARMACOCINÉTICA

Não é biotransformado pelo fígado, por mecanismos que não incluem as enzimas do citocromo P450. A eliminação ocorre através da depuração renal.

Em cães, a absorção oral é de 100%, a meia-vida é de 3-4 horas e o volume de distribuição é de 0,4-0,5 L/kg.

Em gatos a absorção oral também é de 100%, com meia-vida de 3 horas e volume de distribuição similar aos dos cães.

EFEITOS ADVERSOS

Em humanos há relatos de letargia, fraqueza e vertigem.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não há estudos dos efeitos em pacientes gestantes, nem quanto a eliminação do medicamento no leite, logo o uso não é recomendado para estas pacientes.

SUPERDOSAGEM

Altas dosagem podem aumentar a intesidade dos efeitos adversos.

MONITORAMENTO

Monitorar a frequência das convulsões.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

NEVES, I. V. et al. Fármacos utilizados no tratamento das afecções neurológicas de cães e gatos. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 31, n. 3, p. 745-766, jul./set. 2010

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012.