Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Piperazina

Classificaçāo

Endoparasiticida

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Piperazina

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para o tratamento de ascaridíases.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não é recomendado para animais com disfunção hepática, renal ou agravos neurológicos.

EFEITOS ADVERSOS

Vômito, diarreia, espasmos musculares, ataxia, hiperestesia e letargia.

SUPERDOSAGEM

Doses mais altas causam exacerbação dos efeitos adversos, incluindo vômitos, diarreia e dor abdominal.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

(ALMEIDA e AYRES, 2011)

Recomendado

Cães e Gatos

110 - 250 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Causa paralisia flácida no parasito pela interferêcia da neurotransmissão muscular.

Por provocar a abertura dos canais de cloro mediados pelo GABA, proporciona a hiperpolarização nas células musculares.

FARMACOCINÉTICA

É absorvida no trato gastrintestinal e eliminada através da urina.

EFEITOS ADVERSOS

Vômito, diarreia, espasmos musculares, ataxia, hiperestesia e letargia.

SUPERDOSAGEM

Doses mais altas causam exacerbação dos efeitos adversos, incluindo vômitos, diarreia e dor abdominal.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

ALMEIDA, M. A. O e AYRES, M. C. C. Agentes Antinematódeos. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

HAYES, F. A. et al. An evaluation of piperazine citrate for preventing prenatal infections with the common dog ascarid (Toxocara canis). Journal of the American Veterinary Medical Association, v. 134, n. 12, p. 565-567, 1959.