Opção veterinária: Stomorgyl

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Espiramicina + Metronidazol

Classificaçāo

Antimicrobiano

Espécies

Cães e Gatos

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - PERIODONTIL, comprimido (750.000 UI + 125 mg), 20 un

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Como coadjuvante nas cirurgias periodontais, tais como: gengivectomias e operações de retalho, nas afecções

estomatológicas agudas (abcessos gengivais), localizadas ou generalizadas, acompanhadas de fenômenos

infecciosos. Estomatites, gengivites e periodontites.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

É contraindicado nos casos de hipersensibilidade aos derivados imidazólicos (dentre eles, o

metronidazol) e/ou espiramicina ou em associação com dissulfiram.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A segurança da espiramicina durante a gravidez não foi estabelecida em estudos clínicos controlados.

SUPERDOSAGEM

Não há antídoto específico para superdosagem de espiramicina. Em caso de suspeita relevante de superdosagem, recomenda-se tratamento sintomático e de suporte. Devido ao risco de prolongamento do intervalo QT, é recomendado o monitoramento por ECG.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

Interações medicamentosas

5-fluorouracil

Tipo de Interação

Concomitante

Efeito Clínico

Aumento de toxidade

Bussulfano

Efeito Clínico

Severa toxicidade do bussulfano

Ciclosporina

Tipo de Interação

Concomitante

Conduta

Monitoração

Dissulfiram

Efeito Clínico

foram relatadas reações psicóticas em pacientes humanos utilizando concomitantemente metronidazol e dissulfiram

Fenitoína ou fenobarbital

Efeito Clínico

Aumento da eliminação de metronidazol, resultando em níveis no plasma reduzidos

Levodopa

Efeito Clínico

Inibição da absorção da carbidopa com diminuição dos níveis plasmáticos de levodopa. Os pacientes devem ser cuidadosamente monitorizados, devendo-se realizar ajuste posológico da levodopa quando necessário

Conduta

Monitoração

Lítio

Efeito Clínico

Os níveis no plasma de lítio podem ser aumentados pelo metronidazol. Deve-se, portanto, monitorizar as concentrações plasmáticas de lítio, creatinina e eletrólitos em pacientes recebendo tratamento com lítio, enquanto durar o tratamento com metronidazol.

Medicamentos conhecidos por prolongar o intervalo QT

Efeito Clínico

A espiramicina, como outros macrolídeos, deve ser usada com precaução em pacientes medicados com fármacos conhecidos por prolongar o intervalo QT (ex antiarrítmicos classe IA e III, antidepressivos tricíclicos, alguns antiinfecciosos, alguns antipsicóticos)

Conduta

Precaução

Terapia com anticoagulante oral (tipo varfarina)

Tipo de Interação

Concomitante

Efeito Clínico

Potencialização do efeito anticoagulante e aumento do risco hemorrágico. Deve-se monitorizar o tempo de protrombina com maior frequência e realizar ajuste posológico da terapia anticoagulante durante o tratamento com metronidazol

Conduta

Monitoração

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

É um anti-infeccioso específico em estomatologia, composto pela associação de espiramicina e de metronidazol, cujas propriedades terapêuticas decorrem de certas características particulares de seus componentes.

Devido à elevada eliminação da espiramicina pelas glândulas salivares, a mesma atinge importantes e prolongadas concentrações na saliva, tendo, portanto, relevante ação em patologias estomatológicas.

Seu espectro antibacteriano abrange:

- Espécies habitualmente sensíveis (CMI < 2 mg/L): estreptococos, estafilococos meticilina-sensíveis, Rhodococcus equi, Branhamella catarrhalis, Bordetella pertussis, Helicobacter pylori, Campylobacter jejuni, Corynebacterium diphteriae, Moraxella, Mycoplasma pneumoniae, Coxiella burnetti, Chlamydiae, Treponema pallidum, Borrelia burgdorferi, leptospiras, Propionibacterium acnes, Actinomyces, Eubacterium,

Porphyromonas, Mobiluncus, Mycoplasma hominis e Toxoplasma gondii;

- Espécies moderadamente sensíveis: Neisseria gonorrhoeae, Vibrio, Ureaplasma urealyticum, Legionella pneumophila.

- Espécies infreqüentemente sensíveis: Streptococcus pneumoniae, Enterococcus, Campylobacter coli, Peptostreptococcus, Clostridium perfringens.

- Espécies resistentes (CMI > 4 µg/mL): estafilococos meticilina-resistentes, enterobactérias, Pseudomonas, Acinetobacter, Nocardia, Fusobacterium, Bacteroides fragilis, Haemophilus influenza e H. parainfluenza.

Como para uma determinada espécie não foi estabelecida a sensibilidade constante das cepas, somente um estudo da cepa in vitro poderá confirmar se ela é sensível, intermediária ou resistente.

O metronidazol, mais conhecido por sua atividade sobre algumas espécies de protozoários flagelados, revelou in vitro e in vivo, notável ação sobre certos germes (clostrídios, espiroquetas, fusiformes), responsáveis por numerosas afecções estomatológicas.

Em pacientes com insuficiência na função renal, praticamente não ocorre eliminação do fármaco ativo inalterado pela via renal.

- Espécies habitualmente sensíveis (mais do que 90% das cepas da espécie são sensíveis): Peptostreptococcus, Clostridium perfringens, Clostridium difficile, Clostridium sp, Bacteroides sp, Bacteroides fragilis, Prevotella, Fusobacterium, Veillonella.

- Espécies com sensibilidade variável: a porcentagem de resistência adquirida é variável. A sensibilidade é imprevisível na ausência de antibiograma. Bifidobacterium, Eubacterium.

- Espécies habitualmente resistentes (pelo menos 50% das cepas da espécie são resistentes): Propionibacterium, Actinomyces, Mobiluncus.

Atividade antiparasitária: Entamoeba histolytica, Trichomonas vaginalis, Giardia intestinalis.

FARMACOCINÉTICA

A espiramicina atinge seu pico plasmático em 2 a 4 horas após administração oral (Brook, 1998, Reynolds, 1996; Sin-Lin et al, 1994; Frydman et al, 1988a, Kavi et al, 1988), sendo o pico de concentração de 1 mcg/mL após este período. Possui biodisponibilidade oral de 36% (Frydman et al 1988a), sendo incompletamente absorvida pelo trato gastrintestinal. Ligação a proteínas de 17% e volume de distribuição de 400 L (Frydman et al, 1988a). A metabolização da espiramicina é hepática e 4 a 20% tem excreção urinária. Após uso oral, a meia-vida de

eliminação é de 4 a 8 horas. O metronidazol atinge seu pico plasmático em 1 a 2 horas após uso oral (Fredericson et al, 1987) (Ralph et al, 1974); Wood & Monro, 1975. Sua biodisponibilidade oral é de 100% e sua ligação às proteínas é de 20%. O volume de distribuição é de 0,25 a 0,95 litros/Kg (Benneth et al, 1994). A metabolização do metronidazol é hepática e sua excreção renal é de 60 a 80%. A meia vida de eliminação é de 6 a 14 horas.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A segurança da espiramicina durante a gravidez não foi estabelecida em estudos clínicos controlados.

SUPERDOSAGEM

Não há antídoto específico para superdosagem de espiramicina. Em caso de suspeita relevante de superdosagem, recomenda-se tratamento sintomático e de suporte. Devido ao risco de prolongamento do intervalo QT, é recomendado o monitoramento por ECG.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.