Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Clortetraciclina

Classificaçāo

Antibiótico

Receita

Controle Especial - Humano

Espécies

Cães e Gatos

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Clortetraciclina 20%, saco (250 g)
  • - Clortetraciclina 20%, saco (30 kg)
  • - Clortetraciclina Solúvel 85%, sachê (100 g)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Antibiótico (tetraciclina) predominantemente becteriostático de amplo espectro e conta rickétsias e clamídias, além de atuar como promotor de crescimento.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

- Usar com cautela em portadores de insuficiência hepática ou renal (ajudar a dose), evitando o uso concomitante de outras substâncias hepato ou nefrotóxicas.

- Evitar o uso em animais em crescimento.

- Não usar em herbívoros adultos através da via oral.

EFEITOS ADVERSOS

- Em animais em crescimento, produz alteração da coloração dos ossos e dentes e retardamento do crescimento ósseo, podendo, em doses altas, ter efeito antianabólico.

- Produtos cujo veículo é o propilenoglicol podem determinar, se rapidamente administrados pela via EV, hemólise intravascular e efeito cardiodepressor.

- Em carnívoros pode haver anorexia, náusea, vômito, diarreia e, em gatos quando na administração oral, cólica, febre, perda de pelos e depressão.

- Equídeos muito estressados podem apresentar diarreia aguda

- Há suspeitas da possibilidade de formação de urólitos em cães.

- Superinfecções, fotossensibilização, hepatotoxidade e discrasias sanguíneas são outros achados mais raros que podem decorrer da administração de tetraciclinas em todas as espécies.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

8 / 8 horas

Doses

Recomendado

Cães e Gatos

25 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Fármaco muito sensível à umidade e à luz, pode ter sua toxidade aumentada quando deteriorada ou vencida.

Modo de usar

Em felinos, pode ser usada na dose de 50 mg/animal a cada 24 horas, durante 30 dias, para a prevenção de clamidiose.

Interações medicamentosas

Aminofilia, bicarbonato de sódio, derivados lácteos, dextrano, digoxina, epinefrina, fenobarbital, heparina, hidrocortisona, hidrolisados de proteínas, levartenerol, metilprednisolona, pentobarbital, sais de alumínio, bismuto, cálcio, ferro, magnésio e zinco, soluções de Ringer, soluções polivitamínicas, tiopental e vitaminas do complexo B.

Efeito Clínico

IQ

Antibióticos beta-lactâmicos, catárticos salinos e digoxina

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Glicose urinária.

EFEITOS ADVERSOS

- Em animais em crescimento, produz alteração da coloração dos ossos e dentes e retardamento do crescimento ósseo, podendo, em doses altas, ter efeito antianabólico.

- Produtos cujo veículo é o propilenoglicol podem determinar, se rapidamente administrados pela via EV, hemólise intravascular e efeito cardiodepressor.

- Em carnívoros pode haver anorexia, náusea, vômito, diarreia e, em gatos quando na administração oral, cólica, febre, perda de pelos e depressão.

- Equídeos muito estressados podem apresentar diarreia aguda

- Há suspeitas da possibilidade de formação de urólitos em cães.

- Superinfecções, fotossensibilização, hepatotoxidade e discrasias sanguíneas são outros achados mais raros que podem decorrer da administração de tetraciclinas em todas as espécies.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

VIANA, F. A. B. Guia Terapêutico Veterinário. 3 ed. Minas Gerais: Editora CEM, 2014. 560 p.