Informações

Substância(s) Ativa(s)

Acetato de Medroxiprogesterona

Tipo

Hormônio

Apresentações e concentrações

  • - Anticion ampola (1 mL)

INDICAÇÕES

Anticion® é indicado como inibidor do estro em cadelas e gatas nas seguintes condições:

Quando uma possível gestação acarretar risco de vida para o animal;

Quando houver riscos cirúrgicos para uma ovário-histerectomia;

No caso de ninhadas indesejadas.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

A administração de Anticion® é contraindicada:

- Na fase de proestro, estro e metaestro. Para a correta identificação da fase do ciclo, efetuar anamnese, esfregaço ou toque vaginal, principalmente nas gatas onde o período de anestro pode não ocorrer;

- Em animais com antecedentes de doenças genitourinárias ou com hemorragia uterina anormal;

- Em animais apresentando corrimento vaginal persistente ou anormal;

- Na falsa prenhez ou em animais com antecedentes de falsa prenhez em alguns casos;

- Quando houver outras anomalias reconhecíveis do sistema endócrino ou reprodutor;

- Na presença de tumores mamários que podem ser estimulados sob a influência de atividade progestacional;

- Em cadelas destinadas à reprodução.

Espécie de animal

Canino, Felino

Interações

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Utilização

Via

SC

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Dose Única, durante o anestro.

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Acetato de medroxiprogesterona 5 g

Veículo q.s.p. 100 mL

OBSERVAÇÕES

AGITE BEM ANTES DE USAR.

Para completa eficácia do produto, recomenda-se verificar com o Médico Veterinário a fase do ciclo em que se encontra o animal. O exame deve ser realizado por anamnese, esfregaço ou toque vaginal.

Uma única aplicação de Anticion® durante o anestro, é suficiente no controle do estro por um período de 4 meses em gatas e 5/6 meses em cadelas.

Em geral em cadelas: Aplicar Anticion® 4 a 5 meses após o cio ou 1 a 2 meses após o parto. Intervalo de 5/6 meses entre as aplicações.

O reaparecimento do cio é variável e depende de vários fatores, como condição corporal da fêmea, resposta individual ao tratamento, época do ano, convivência com outras fêmeas e presença de enfermidades. (Variação de 5 a 22 meses).

Em gatas: Aplicar 2 a 4 semanas após o cio ou 15 a 20 dias após o parto ou uma semana após o desmame dos filhotes.

Para controle permanente do estro em gatas, aplicar a cada 4 meses.

Recomenda-se acasalar as fêmeas somente após o retorno do segundo cio.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar e fora do alcance de crianças e animais domésticos

Doses

Recomendado

Cães e Gatos

1 mL / animal

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

O acetato de medroxiprogesterona pode provocar no local da aplicação: adelgaçamento da pele, alterações da pigmentação ou diminuição do pelo. Pode ocorrer aumento de mamas e produção láctea em certas cadelas (principalmente de raças galgas). Nestes casos, recomenda-se suspender o tratamento. A aplicação de progesterona acarreta efeitos secundários em alguns animais, podendo desenvolver hiperplasia cística do endométrio uterino, mucometrite, piometrite e piometra. Geralmente, estas modificações desaparecem com a interrupção do tratamento, devendo-se prevenir os proprietários de cadelas ou gatas sobre uma possível necessidade de ovariohisterectomia, impossibilitando definitivamente a capacidade reprodutiva da fêmea.

MONITORAMENTO

Nos tratamentos contínuos, o animal deve ser cuidadosamente monitorado e realizado o exame clínico de averiguação para possível desenvolvimento de nódulos mamários ou outras reações ao tratamento progestacional. 

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório