Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Maleato de Acepromazina

Classificaçāo

Sedativo

Receita

Controle Especial - Veterinário

Espécies

Cães

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Maleato de acepromazina 200,0 mg

Veículo estéril q.s.p. 100,0 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Venda sob prescrição obrigatória e aplicação sob orientação do Médico Veterinário. O uso pelo homem pode causar graves riscos à saúde.

ARMAZENAMENTO

Conservar a temperatura ambiente (15°C a 30°C), em local seco e ao abrigo da luz solar direta. Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura sob o n° 7.900 em 14/08/2001.

Responsável técnico

Dra. Vera de Fátima Costa Calixto - CRF/SP n° 11.427

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Apromazin Injetável, frasco-ampola (20 mL)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Neuroléptico tranquilizante, contudo a sua principal aplicação é como pré-anestésico em cães. Ela confere potencialização acentuada dos barbitúricos, facilitando a manipulação e a contenção de animais.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

A droga é contraindicada na maioria dos tipos de choque, podendo resultar na queda crítica da pressão arterial e no retorno venoso. Também é contraindicado em caso de deficiência circulatória ou insuficiência circulatória aguda e em animais susceptíveis a convulsões ou naqueles submetidos a procedimentos mielográficos. A acepromazina pode potencializar a toxicidade dos organofosforados com o envenenamento orgâncio do fosfato.

Administração e doses

Via(s)

IV

IM

SC

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

De acordo com a necessidade.

Apromazin Injetável 0,2% - Cães

IV

0,2 mg / kg

calcular

IM, SC

0,3 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Os tranquilizantes são depressores potentes do sistema nervoso central e podem causar sedação seguida de supressão do sistema nervo simpatomimético. Podem produzir efeito prolongado na depressão ou inativação do sistea motor quando fornecidos a animais sensíveis.

Como outros derivados da fenotiazina, a acepromazina intoxica o fígado, portanto deve ser usada com cautela em animais com histórico de disfunção renal ou leucopenia. Apromazin injetável 0,2% é o neuroléptico e tranquilizante de escolha do veterinário para aplicação principalmente na pré-anestesia e na contenção de cães.

Interações medicamentosas

Cloridrato de Procaína

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Potencialização da atividade do Cloridrato de Procaína

Conduta

Incompatível

Organofosforados

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Potencialização da toxicidade do organofosforado

Conduta

Incompatível

Observações da interação

Não utilizar para controle de tremores por envenenamento por fosforados e estricninas

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

É absolutamente contraindicado misturar glicopirrolato e fenotiazinas ou diazepam na mesma seringa. -Acepromazina + oximorfona: aplicar 0,05 a 0,1 mg/Kg de Acepromazina e 0,01 a 0,02 mg/kg de oximorfona, por via endovenosa; ou aplicar 0,1 a 0,2 mg/Kg de Acepromazina e 0,1 a 0,2 mg/Kg de oximorfona, por via subcutânea ou intramuscular.

- Acepromazina + butorfanol: aplicar 0,05 a 0,1 mg/Kg de Acepromazina e 0,1 a 0,2 mg/Kg de butorfanol, por via endovenosa; ou aplicar 0,1 a 0,2 mg/Kg de Acepromazina e 0,1 a 0,2 mg/Kg de butorfanol, por via subcutânea ou intramuscular.

- Acepromazina + cetamina: aplicar 0,05 a 0,1 mg/Kg de Acepromazina e 2,0 a 5,0 mg/Kg de cetamina, por via endovenosa; ou aplicar 0,1 a 0,2 mg/Kg de Acepromazina e 0,05 a 0,08 mg/Kg de cetamina, por via subcutânea ou intramuscular.

FARMACODINÂMICA

Seu mecanismo de ação envolve o bloqueio dos receptores nervosos da dopamina no cérebro, causando consequente sedação, relaxamento muscular e também efeito anti-emético.

FARMACOCINÉTICA

A droga é metabolizada no fígado e seus metabolizados conjugados e não conjugados são excretados na urina. O efeito sedativo é manifestado 5 minutos após injeção endovenosa, mas em alguns casos o efeito total não se manifesta em 20 minutos e quando a droga é utilizada na pré-medicação através desta via, pelo menos esse período deve ser acompanhado antes que o agente anestésico seja fornecido.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Distribuidores Syntec

Syntec

E-MAIL

sac@syntecvet.com.br

TELEFONE

(11) 4702-5425

CONTATO(S)

Marcello Cabrera

REGIÕES ATENDIDAS

Todo o Brasil

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.