Nome da Raça

Cão da Serra da Estrela

Porte

Gigante

Peso

Fêmeas: 35-45 kg Machos: 45-60 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 62-69 cm Machos: 65-73 cm

Nível de atividade

Moderada

Temperamento

Leal, protetor, inteligente

Adestrabilidade

Moderada

Introdução

Origem

Desde épocas remotas, este cão desenvolveu-se e fixou-se na região da Serra da Estrela (altas montanhas no Norte de Portugal). Contudo, esta pode ser considerada uma das raças mais antigas da Península Ibérica.

Pode ser encontrada desde o pé da Serra até as mais elevadas altitudes (aproximadamente 2.000 metros), principalmente no verão, após a neve ter derretido, quando os pastos verdes são muito procurados pelos rebanhos. 

A sua difusão se deu pelo mundo todo desde a segunda metade do século 20. O Cão da Serra da Estrela pertence ao Grupo de Trabalho para o AKC (American Kennel Club). 

Nome original

Cão da Serra da Estrela

País de origem

Portugal

Características gerais

Aspectos raciais

O cão da Serra da Estrela, de forma geral, é um cão grande. Existem duas variedades de pelo: longo e o curto. É um cão rústico, substancial, com movimentação vivaz e atitude imponente. A raça tem um olhar vivo, calmo e expressivo. A cabeça é forte, comprida e ligeiramente convexa vista de perfil, proporcional ao corpo. O nariz vem na cor preta, colocado em um focinho longo.

Os olhos são de tamanho médio a pequeno, de formato oval, de cor âmbar escuro. As sobrancelhas são ligeiramente marcadas. As orelhas são de inserção média, caídas, inclinadas para trás, caindo lateralmente, encostadas à cabeça. Possuem formato triangular, arredondadas na extremidade; pequenas em relação ao corpo. 

O pescoço é curto e grosso. Seu tronco tem a linha superior quase horizontal, o dorso é curto e bem musculoso e o seu lombo é curto, largo, musculoso e bem conectado a garupa. A garupa é ligeiramente inclinada. O peito é largo, profundo. A cauda é de inserção média, comprida, grossa, portada abaixo da horizontal.

Com o cão parado, coloca-se naturalmente entre as coxas, chegando pelo menos ao jarrete; quando excitado e em movimento, a cauda eleva-se acima da horizontal, curvando-se para cima e para frente, para os lados e para baixo, sem portá-la sobre a garupa.

Deve ser bem guarnecida de pelos, e franjadas nos cães de pelo longo. As unhas são escuras, preferivelmente pretas. 

Possui pelame abundante, espessura ligeiramente grossa, sem aspereza excessiva, com textura semelhante ao pelo da cabra. O subpelo é constituído por pelos finos, curtos, abundantes e entrelaçados, e normalmente é mais claro que a pelagem de cobertura. Os cães dessa raça, quando tem pelo longo possuem pelo superior liso ou ligeiramente ondulado, desigual em algumas regiões.

É curto e mais denso nos membros, abaixo dos cotovelos e jarretes, bem como na cabeça; nas orelhas, diminui de comprimento gradualmente da base para as pontas, tornando-se fina e macia.

É mais comprida na cauda, que é farta, grossa e franjada. Em volta do pescoço, bordo inferior e nádegas, são abundantemente franjadas, bem como na face posterior dos antebraços. 

Os cães da raça, da variedade de pelo curto possuem pelo curto, uniformemente distribuída pelo corpo todo, levemente mais curta na cabeça e membros, sem franjas.

As cores consideradas típicas dessa raça são as cores únicas (amarelo, fulvo e cinza em todos os tons e intensidades de cor); cinza lobo (fulvo, tons de amarelo e cinza, comumente em tonalidades claras e escuras); tigrado (básica fulvo, amarelo ou cinza, com listras pretas).

Na região crânio-facial, é típica uma máscara preta. Marcas brancas podem ser vistas apenas nas extremidades das patas anteriores e posteriores e em uma pequena extensão na face ventral do pescoço e peito. 

Para uma raça tão grande, o Cão da Serra da Estrela tem uma expectativa de vida surpreendentemente longa, com uma média de 12 a 16 anos. 

Pelo

Semi-longo

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Cão da Serra da Estrela é uma raça inteligente, por isso tem o potencial de responder bem ao treinamento. Devido ao fato de ter sido criado para proteger o gado, no entanto, ele pode ser um pouco independente e com personalidade forte. 

O Cão da Serra da Estrela não é um cão agressivo, mas ele tem altos instintos protetores e ele não hesitará em resgatar o que ou quem ama. São cachorros calmos e destemidos, que fazem excelentes cães de guarda. Tem tendência a latir, especialmente em situações em que sente que seu território ou família podem ser ameaçados. 

O Cão da Serra da Estrela não é um cão altamente ativo, mas requer uma caminhada diária longa para atender às suas necessidades de exercício. Esta raça apreciará ter um grande espaço ao ar livre para correr e brincar, além de ter uma caminhada diária.

Sensibilidade a fármacos

Não foram encontrados em literatura relatos de sensibilidade à fármacos específicos relacionados à raça em questão.

Predisposição à doenças

Não foram encontrados em literatura relatos de predisposição à doenças específicas relacionados à raça em questão.

Referências bibliográficas

CBKC Confederação Brasileira de Cinofilia. Padrão Oficial da Raça: Cão da Serra da Estrela. Disponível em: http://cbkc.org/racas. Acesso em: 15 fev. 2018. 

FOGLE, B. Guia Ilustrado Zahar Cães. 2 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2009. 344 p.

Imagem disponível em: https://cdn1.royalcanin.es/wp-content/uploads/2016/07/serra-estela-1-1.jpg