Efeitos de duas suplementações nutracêuticas sobre a qualidade do sêmen canino fresco

Empresa

Vetnil

Data de Publicação

31/12/2000

PDF

EFEITOS DE DUAS SUPLEMENTAÇÕES NUTRACÊUTICAS SOBRE A QUALIDADE DO SÊMEN CANINO FRESCO
EFFECTS OF TWO NUTRITIONAL SUPLEMENTATIONS IN FRESH CANINE SEMINAL QUALITY

Maria Isabel Mello MARTINS1; Rebeca Cordeiro JUSTINO2


1) Docente do Departamento de Clínicas Veterinárias, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual de Londrina.
Caixa Postal 6001. CEP 86061-570. Londrina, PR. imartins@uel.br.
2) Residente do Departamento de Clínicas Veterinárias, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual de Londrina.

Estudos têm demonstrado a importância de vitaminas, sais minerais, aminoácidos e de ácidos graxos essenciais como amplificadores da eficiência reprodutiva. O presente trabalho tem como objetivo identificar a interferência sobre as características morfo - funcionais das células espermáticas de cães reprodutores, antes e durante o tratamento com dois diferentes suplementos nutracêuticos, e analisar a influência destes sobre a qualidade do sêmen a fresco. O sêmen foi colhido pelo método da manipulação digital em frascos plásticos graduados, e o ejaculado obtido foi avaliado quanto aos parâmetros: motilidade, vigor e morfologia espermática. Para a determinação das concentrações de cloretos e proteína total do fluido epidimário utilizaramse os “kits” comerciais de diagnóstico, os quais utilizam o método colorimétrico (LabVet®, Brasil). Verificou-se uma tendência para melhores resultados após as diferentes suplementações. Sugerese que a suplementação nutricional promove uma melhora na qualidade a fresco aos espermatozóides, entretanto, há a necessidade de maiores estudos para confirmar esta hipótese.

Palavras-chave: sêmen canino, nutracêutico, antioxidante, vitaminas

Studies have demonstrated the importance of vitamins, leave acid minerals, amino acids and of essential fatty acids as amplifying of the reproductive efficiency. The present work had as objective to identify to the interference on the characteristics morfo - functional of the sperm cells of reproductive dogs, before and during the treatment with two nutritionals supplements, and to analyze the influence of both on the quality of the fresh semen. The semen was picked at the kennel, for digital manipulation and the gotten ejaculado one was evaluated how much to the parameters: motilidade, vigor and sperm morphology. Concentrations of total proteins and chlorides were determined with colorimetric methods (LabVet®, Brazil) For the performance of the elements contained in the supplement, an improvement in the sperms parameters of the involved individuals expected. A tendency was verified for better results after the two suplementations. It is suggested that the nutricional suplementation promotes a larger protection to the spermatozoa, however, there is the need of larger studies to confirm that hypothesis.

Keywords: canine semen, nutraceutic, antioxidant , vitamins

A função espermática é altamente dependente dos componentes iônicos presentes no meio seminal [7]. O conhecimento de fatores ou substâncias que parecem desestabilizar ou proteger a membrana dos espermatozóides é fundamental, uma vez que a integridade da mesma é essencial para o funcionamento adequado do gameta masculino [10].

Diversos estudos têm demonstrado que a vitamina A é essencial na espermatogênese dos machos e que, a sua suplementação reduz a porcentagem de anormalidades espermáticas e melhora a fertilidade [1, 6]. A vitamina B12 é requerida pelo organismo como co-enzima para várias reações metabólicas. Estas coenzimas estão ligadas com a biossíntese de aminoácidos, bem como no metabolismo do ácido ascórbico (vitamina C) [2, 5]. O ácido fólico tem como importante função à intervenção na síntese da timidina, um composto do DNA [5]. A vitamina E é considerada um catalisador do metabolismo dos ácidos graxos [9].

Os ácidos graxos essenciais, como componentes dos fosfolipídios da membrana celular e precursores de uma variedade de substâncias reguladoras, mantêm a saúde e a vitalidade dos tecidos epiteliais [5]. A membrana espermática possui uma composição específica de fosfolipídeos e uma concentração significante de ácidos graxos polinsaturados, que derivam-se do metabolismo do ácido linoleico (ômega 6) e o ácido α-linoleico (ômega 3) [9].

Estudos mostraram que o selênio está envolvido não só na formação do espermatozóide, como também que ele é essencial para o metabolismo normal da testosterona e para a manutenção da morfologia espermática [4]. O magnésio atua como ativador de várias enzimas, principalmente aquelas ligadas à transferência de fosfato do ATP para um receptor de fósforo, estando relacionado o crescimento, desenvolvimento e produção dos animais [2]. O cobre está presente como componente de várias metaloenzimas, e é necessário para a síntese de colágeno e elastina, para a produção de ATP e para a proteção de células das lesões produzidas pelos superóxidos (superóxido dismutase) [5]. Foi observado uma melhoria da produção espermática e da fertilidade após uma alimentação suplementada com cobre e zinco [7].

O Promater® (Vetnil®), que é um nutracêutico reprodutivo que contém vitaminas (vitamina A, vitamina B12, vitamina E, ácido fólico), minerais (selênio, zinco, cobre, magnésio), aminoácidos (arginina), beta-caroteno e ômega 3, 6 e 9, é indicado no incremento do desempenho e performance reprodutivos e também no aumento do libido. Também é indicado para melhora da qualidade espermática (motilidade, concentração, morfologia e vigor espermáticos).

O objetivo deste foi comparar o efeito do Promater® com um outro suplemento, denominado de “A” (altamente palatável), indicado nas patologias da pele e quedas de pêlo de modo geral, que contém ômega 3 e 6, vitaminas (A, C e E) e Zinco, sobre a qualidade do sêmen a fresco.

Foram tratados, por um período de 120 dias, quatro cães reprodutores (dois West Highland White Terrier e dois Scottish Terrier), pertencentes a um canil particular, com idade entre 3 e 10 anos. Cada animal recebeu diariamente uma cápsula do suplemento nutricional “A”. As colheitas de sêmen foram realizadas em três momentos: pré-tratamento (duas colheitas), 60 dias e 15 dias após o final do tratamento, que foi de 105 dias. Posteriormente, foram tratados por um período de 50 dias, três cães reprodutores (um Pastor Alemão, um Weimaraner e um Rottweiler), pertencentes a um canil da Polícia Militar. Cada animal recebeu diariamente 40 ml do suplemento nutricional (Promater ®, Vetnil ®). As colheitas de sêmen foram realizadas em dois momentos: prétratamento e em 50 dias. O sêmen foi colhido no canil, em ambos os experimentos, pelo método de manipulação digital, em frascos plásticos graduados e avaliados no laboratório, com intervalo máximo de 15 minutos após a colheita. Os parâmetros avaliados no sêmen fresco foram: motilidade, vigor e morfologia espermática. O corante usado para morfologia espermática foi eosina-negrosina. Para a determinação das concentrações de cloretos, proteína total e magnésio do fluido epidimário, as amostras foram previamente centrifugadas a 4oC (4.000xg / 30 minutos,) para remoção dos espermatozóides remanescentes, sendo realizada em seguida as dosagens bioquímicas no plasma seminal, utilizando os “kits” comerciais de diagnóstico, os quais utilizam o método colorimétrico (LabVet®, Brasil). A média dos resultados de motilidade, vigor, concentração, morfologia espermática e concentrações de cloreto, proteína total e magnésio foram calculadas no programa Excel (Microsoft ®, 2000).

Antes do inicio do tratamento com o suplemento “A” foram obtidos as seguintes médias para os parâmetros seminais avaliados: 70% de motilidade, vigor 4, morfologia espermática apresentando 33% de células normais, 29% de defeitos menores e 38% de defeitos maiores. O plasma seminal desses animais apresentou 3,85 g/dl de proteínas totais, 142 mEq/L de cloretos e 1,89 mg/dl de magnésio. Após 60 dias de tratamento encontrou-se as médias 63% de motilidade, vigor 4, morfologia espermática apresentando 38% de células normais, 27% de defeitos menores e 35% de defeitos maiores. A mensuração das concentrações protéicas e de íons no plasma seminal desses animais apresentou médias de 2,74 g/dl de proteínas totais, 130 mEq/L de cloretos e 1,75 mg/dl de magnésio. A avaliação dos parâmetros seminais realizada 15 dias após o fim do tratamento revelou sensível melhora na qualidade, com médias de 90% de motilidade, vigor 4,7, morfologia espermática apresentando 53% de células normais, 18% de defeitos menores e 29% de defeitos maiores. O plasma seminal desses animais apresentou 4,09 g/dl de proteínas totais, 134mEq/L de cloretos e 1,74 mg/dl de magnésio.

No segundo experimento, o qual utilizou o suplemento Promater ® (Vetnil ®), chegou- se as seguintes médias antes do início do tratamento: 87% de motilidade, vigor 4,5, morfologia espermática apresentando 53% de células normais, 12% de defeitos menores e 37% de defeitos maiores. Também foi realizada a mensuração do plasma seminal desses animais e obteve-se concentrações de 2,63 g/dl de proteínas totais, 131 mEq/L de cloretos e 1,09 mg/dl de magnésio.

Cinqüenta dias de tratamento resultaram em uma melhora significativa nos valores já encontrados, mostrando médias de 90% de motilidade, vigor 4,3, morfologia espermática apresentando 67% de células normais, 15% de defeitos menores e 18% de defeitos maiores, concentração plasmática seminal de 2,55 g/dl de proteínas totais, 146 mEq/L de cloretos e 1,48 mg/dl de magnésio Ambos os suplementos obtiveram melhoras na qualidade do sêmen fresco dos cães de diferentes raças. A piora nos valores encontrados na segunda colheita do experimento realizado com o suplemento ‘A’ pode ser explicado pelo intenso estresse sofrido pelos animais, pois estes foram levados para um concurso da raça anteriormente a esta avaliação.

O suplemento Promater ® (Vetnil ®) apresentou melhores resultados, pois apesar do estresse a que os animais foram submetidos durante o experimento, como a participação em atividades cívicas, houve melhora na qualidade do sêmen.

Verificou-se uma tendência para melhores resultados das análises seminais na qualidade do sêmen a fresco. Sugere-se que a suplementação nutricional promova uma maior proteção aos espermatozóides, entretanto, há a necessidade de maiores estudos para confirmar essa hipótese.

1. Abdulkareema ,T.A.; Al-habobyb, A.H.; Al-mjameia, S.M. & Hobia, A.A. 2005. Sperm abnormalities associated with vitamin A deficiency in rams. Small Ruminant Research. 57: 67–71.

2. Andriguetto, J.M.; Perly, L.; Minardi, I.; Gemael, A.; Flemming, J.S.; Souza, G.A. & Filho, A.B. 1983. Nutrição Animal, 2a ed. 1: 167.

3. Andriguetto, J.M.; Perly, L.; Minardi, I.; Flemming, J.S.; Gemael, A; Souza, G.A. & Filho, A.B. 1986. Nutrição Animal, 3a ed. 2: 359- 363.

4. Behne, D.; Weiler, H. & Kyriakopoulos, A. 1996. Effects of selenium deficiency on testicular morphology and function in rats. Journal of reproduction and fertility. 106:291-297.

5. Case, L. P.; Carey, D. P. & Hirakawa, D.A. 1998. Nutrição canina e felina – Manual para profissionais.1a ed. pp 33- 50, 107- 125 e 313-351.

6. Grieshaber, T.L.; Mckeever, P.J. & Conroy, J.D. 1991. Espontaneous cutaneous (eruptive) xanthomatosis in two cats. Journal of American Animal Hospital Association. 27: 509-512.

7. Hafez, B. & Hafez, E.S.E. 2004. Reprodução Animal, 7a ed. pp 285-288.

8. Hamamah, S. & Gatti, J.L. 1998. Role of the ionic environment and internal pH on sperm activity. Human Reprodruction. (Suppl 4): 20-30.

9. Lenzi, A.; Picardo,M.; Gandini, L. & Dondero, F. 1996. Lipids of the sperm plasma membrane: from polyunsaturated fatty acids considered as markers of sperm function to possible scavenger therapy. Human Reproduction Update. 2: 246–256.

10. Parks, J.E. & Graham, J.K. 1992. Effects of cryopreservation procedures on sperm membranes. Theriogenology. 38: 209-22.