Folheto Técnico - NF Função Renal - Felinos

Empresa

Nestlé PURINA

Data de Publicação

17/05/2016

PDF

Produtos Relacionados

INDICAÇÕES

- Doença renal crônica (a partir do estágio 2 da IRIS)

- Encefalopatia hepática

- Auxiliar ao tratamento de reincidências de urolitíases por oxalato de cálcio

CONTRAINDICAÇÕES

- Crescimento e reprodução

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

QUANTIDADE LIMITADA DE PROTEÍNA, DE ALTA QUALIDADE para ajudar a reduzir a formação de toxinas urêmicas

BAIXO TEOR DE FÓSFORO para apoiar o funcionamento renal

TEOR REDUZIDO DE SÓDIO, reduz a hipertensão

NÍVEIS ADEQUADOS DE ÔMEGA 3 E 6 que podem ajudar a reduzir a hipertensão e a minimizar a inflamação glomerular

BENEFÍCIOS E CARACTERÍSTICAS ADICIONAIS

Formulada para ajudar a conter a progressão da DR, aumentar a sobrevivência e melhorar a qualidade de vida dos animais.

Níveis adequados de nutrientes específicos para atender às necessidades dos gatos com DRC.

Ajuda a reduzir o risco de hipocalemia em animais com DR

Contém citrato de potássio

Ajuda a reduzir o risco de acidose na DRC

Dieta alcalinizante que produz uma urina com pH entre 7,1 ± 0,4

Ajuda a prevenir a deficiência de vitamina B

Contém vitamina B para ajudar a repor os níveis que podem ser perdidos através da diurese

COMPOSIÇÃO

Quirera de arroz, milho integral moído*, farelo de glúten de milho*, carne mecanicamente separada de frango, farelo de soja*, gordura suína, gordura de frango, farinha de peixe, óleo de peixe refinado, carbonato de cálcio, cloreto de potássio, citrato de potássio, ácido fosfórico, hidrolisado de fígado de ave e suíno, L-lisina, DLmetionina, taurina, vitaminas (A, D3, E, K3, B12, mononitrato de tiamina, suplemento de riboflavina, cloridrato de piridoxina, niacina, biotina, ácido fólico, pantotenato de cálcio, cloreto de colina), minerais (sulfato de zinco, sulfato de manganês, sulfato ferroso, sulfato de cobre, iodato de cálcio, selenito de sódio), antioxidante (BHT). *Ingredientes transgênicos. Espécies doadoras do gene: Agrobacterium tumefaciens, Arabidopsis thaliana, Bacillus thuringiensis, Streptomyces viridochromogenes e Zea mays.

MODO DE USO

- Em gatos com doença renal crônica, a pasrtir deda fase 2 da IRIS, deve-se realizar uma transição gradual para a nova dieta após a estabilização do paciente.

- Em casos de falta de apetite ou anorexia, deve-se avaliar a ocorrência de náuseas e gastrite urêmica tratando a sintomatologia antes da mudança de alimentação.

- É recomendado aquecer a dieta à temperatura ambiente para potencializar a sua palatabilidade caso o animal rejeite a dieta.

- Para gatos com Doença Renal Crônica, considerar a alimentação com PURINA PRO PLAN NF KIDNEY FUNCTION de forma contínua, por tempo indeterminado para reduzir a progressão da doença e melhorar os sinais clínicos.

A Doença Renal Crônica (DRC) é uma das doenças mais comuns e importantes em gatos com idade avançada. O risco de desenvolvimento da DR em gatos com mais de 10 anos de idade aumenta aproximadamente 4 a 5 vezes; em gatos com mais de 15 anos, esse risco aumenta aproximadamente 20 vezes.

ETAPAS DA INSUFICIÊNCIA RENAL

A “International Renal Interest Society” (IRIS)1 criou uma classificação de quatro fases para a doença renal:

Fase 1: Doença/lesão renal sem azotemia (creatinina sérica <140 µmol/l). Pode haver redução da filtração glomerular e capacidade de concentração da urina.

Fase 2: Azotemia leve (creatinina sérica 140-250 µmol/l). Complicações clínicas e bioquímicas leves.

Fase 3: Azotemia moderada (creatinina sérica 251-440 µmol/l). Pode haver vários sinais de complicações sistêmicas.

Fase 4: Azotemia intensa (creatinina sérica >440 µmol/l). Alto risco de vários sinais associados a complicações sistêmicas e crises urêmicas.

Conhecer as fases da doença renal pode ajudar a elaborar o prognóstico e a priorizar testes e tratamentos. Embora a DRC seja irreversível, uma intervenção nutricional apropriada pode ajudar a:

-Limitar o dano adiconal aos rins(ex: quando a causa subjacente pode ser tratada)

-Conter a progressão da doença e aumentar consideravelmente o tempo de sobrevida do animal

-Corrigir complicações derivadas da DRC(ex:hipertensão)

PAPEL DA NUTRIÇÃO NA DOENÇA RENAL

O tratamento e o acompanhamento dos gatos com DRC sempre devem ser feitos de acordo com as necessidades individuais de cada paciente. Devido ao seu impacto, não restam dúvidas de que para a maioria dos gatos com DRC, a intervenção nutricional terapêutica se torna fundamental2,3. Além de melhorar a qualidade de vida dos gatos, os estudos clínicos têm demonstrado sistematicamente que o alimento coadjuvante para gatos com DRC pode ajudar a prolongar a sua expectativa de vida de forma significativa e reduzir os episódios urêmicos.

A nutrição em gatos com DRC pode ter grande impacto sobre vários aspectos:

A restrição de fosfatos (a IRIS recomenda restringir o fosfato dietético a partir da fase 2):

- Reduz o dano morfológico nos rins.

- Ajuda a prevenir ou reduzir o hiperparatireoidismo secundário.

- Contribui consideravelmente para o aumento da longevidade em pacientes com DRC.

A restrição dietética de proteínas:

- Pode reduzir consideravelmente os produtos residuais nitrogenados e as toxinas urêmicas, o que leva a uma melhora considerável da qualidade de vida em pacientes com DRC, desde que realizado da forma correta.

- Não é comprovado que há aumento da longevidade apenas com a restrição protéica.

Potássio da dieta:

- A DRC pode provocar uma perda excessiva de potássio através da poliúria nos gatos.

- A hipocalemia pode contribuir para agravar o dano renal presente.

- Uma dieta adequada ajuda a manter a normocalemia e atender às necessidades do gato.

Equilíbrio ácido-base:

- A DRC pode provocar acidose e uma dieta adequada pode ajudar a reduzir este risco.

Outros aspectos:

- Outros componentes da dieta podem ajudar a controlar o paciente com DRC, incluindo antioxidantes, para reduzir os radicais livres associados ao dano renal.

- O aumento das concentrações de vitaminas hidrossolúveis compensa possíveis perdas através da diurese.

- Maiores concentrações de ácidos graxos ômega-3 funcionam como protetores renais.

VANTAGENS CLÍNICAS DO USO DE PURINA® PRO PLAN® NF KIDNEY FUNCTION - FUNÇÃO RENAL

PURINA® PRO PLAN® NF KIDNEY FUNCTION - FUNÇÃO RENAL foi formulada especialmente para atender às necessidades específicas de gatos com doença renal crônica:

- Baixo teor de fósforo para ajudar a conter a progressão da doença e do dano renal.

- Baixo teor de proteínas, porém com alta digestibilidade e alto valor biológico, para reduzir os sinais de uremia.

- Potássio adicionado para compensar o aumento das necessidades, ou perda urinária.

- Dieta alcalinizante para reduzir o risco do acidose.

- Vitaminas do grupo B, ácidos ômega-3 e antioxidantes.