Cuidados com as Orelhas dos Pets

Empresa

Ceva

Data de Publicação

04/05/2020

PDF

Produtos Relacionados

As otites são inflamações com maior prevalência em cães e podem ter diversas causas, como: doenças de base (alergias, enfermidades endócrinas, autoimunes ou outras menos comuns), ectoparasitos (como algumas sarnas), infecções bacterianas e/ou fúngicas das orelhas, produção excessiva de cerúmen, aumento de volume local (tumores, pólipos) e, corpos estranhos (p.ex. pedra, grama, graveto), dentre outras possibilidades.

Os principais sinais que demonstram que os pets estão com otites são: coceira excessiva nas orelhas, os animais chacoalham a cabeça com maior frequência, aumento na produção de cerúmen, mau cheiro, desconforto e/ou dor local, vermelhidão e inchaço da parte interna da orelha. 

Para evitarmos as otites nos nossos bichinhos, podemos utilizar produtos específicos, como Otodem Auriclean, que é indicado para a higiene das orelhas dos pets, de fácil aplicação e tem um cheirinho de pêssego muito agradável!

Deve-se preencher ambas as orelhas com Otodem Auriclean, massageá-las na base, e remover o excesso de sujidades da orelha com o auxílio de algodão ou gaze após cerca de 10 minutos ou mais da aplicação do produto. Este procedimento é recomendado de uma a duas vezes por semana, ou de acordo com as recomendações do Médico Veterinário.

Passe o algodão ou gaze com o produto indicado para higienização das orelhas no interior do pavilhão auricular até remover toda a sujidade.

Uma dica importante para quem dá banho no pet em casa: proteja os ouvidos do animal para que não se molhem ou fiquem úmidos após o banho, pois isso também pode causar otites nos bichinhos!!! Pode-se colocar um chumaço de algodão nas orelhas do animal antes de iniciar o banho para evitar a entrada de água, mas não esqueça de remover o algodão ao final do banho!

Para maiores informações entre no nosso site: www.ceva.com.br e siga as nossas redes sociais.