Doxygard Comprimidos

Labgard

Doxygard 25 mg ()

Doxygard 50 mg ()

Doxygard 100 mg ()

Doxygard 200 mg ()

Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

Classificaçāo

Antimicrobiano, Antibiótico (grupo Tetraciclinas)

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

Composição

- Doxygard 25mg contém:

Doxiciclina hiclato 28,9mg

Excipiente q.s.p 150mg

- Doxygard 50mg contém:

Doxiciclina hiclato 57,7mg

Excipiente q.s.p 200mg

- Doxygard 100mg contém:

Doxiciclina hiclato 115,5mg

Excipiente q.s.p 300mg

- Doxygard 200mg contém:

Doxiciclina hiclato 230,9mg

Excipiente q.s.p 600mg

Armazenamento

Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar e temperatura ambiente. Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Informações ao cliente

Venda sob prescrição e orientação do Médico Veterinário. Prazo de validade: 2 (dois) anos após a data de fabricação.

Registro no MAPA

Licenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob o nº 1.849/83 em 28/12/1983.

Responsável técnico

Resp. Téc. Dra. Viviana Toledo Caricati Dorta CRF –SP 35.318

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Doxygard Comprimidos 25 mg, comprimido (12 un), 1 ou 10 blisters
  • - Doxygard Comprimidos 50 mg, comprimido (12 un), 1 ou 10 blisters
  • - Doxygard Comprimidos 100 mg, comprimido (12 un), 1 ou 10 blisters
  • - Doxygard Comprimidos 200 mg, comprimido (12 un), 1 ou 10 blisters

Indicações e contraindicações

Indicações

Doxygard é indicado para tratamento de infecções causadas por microrganismos sensíveis à doxiciclina em cães e gatos, tais como:

- Erliquiose canina provocada por Ehrlichia canis;

- Babesiose canina provocada por Babesia canis;

- Bartonelose provocada por Bartonella spp.;

- Febre maculosa provocada por Rickettsia rickettsii;

- Borreliose provocada por Borrelia burgdorferi;

- Hemobartonelose provocada por Haemobartonella felis;

- Infecções causadas por Chlamydia spp.;

- Infecções respiratórias tais como pneumonia e broncopneumonia provocadas por Bordetella bronchiseptica, Streptococcus spp., Staphylococcus spp., Pasteurella spp., Haemophilus influenzae, Mycoplasma spp. e Escherichia coli;

- Infecções genitourinárias, tais como metrites e cistites, provocadas por cepas sensíveis de Klebsiella spp., Escherichia coli, Staphylococcus spp., Streptococcus spp., Enterococcus spp., Leptospira spp. e Brucella canis;

- Infecções intestinais provocadas por cepas susceptíveis de Shiguella spp., Salmonella spp. e Escherichia coli;

- Infecções articulares, tais como artrites, provocadas por Streptococcus spp., Staphylococcus spp. e Corynebacterium spp.;

- Infecções dermatológicas, feridas infectadas, pós operatório e otites provocadas por Staphylococcus aureus, Streptococcus spp., Corynebacterium spp., Escherichia coli e Pasteurella multocida;

- Infecções causadas pelos seguintes protozoários: Entamoeba spp., Balantidium coli, Isospora spp., Toxoplasma spp.

Contraindicações / precauções

Doxygard não deve ser administrado em animais com hipersensibilidade à doxiciclina, não administrar em fêmeas prenhes a lactantes, animais com menos de 30 dias de idade e animais com hepatopatias graves.

Efeitos adversos

Embora raros, podem ocorrer reações de hipersensibilidade, náuseas, vômitos, anorexia, ou diarréia, que podem ser minimizados com a administração concomitante com alimentos (não prejudica absorção da doxiciclina). Devido à capacidade que a doxiciclina tem de ligar-se com o cálcio, pode provocar arritmias cardíacas. Somente o Médico Veterinário está apto a fazer alterações nas dosagens recomendadas para o uso do produto.

Reprodução, gestação e lactação

Não administrar em fêmeas prenhes a lactantes, animais com menos de 30 dias de idade.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

Videos da(s) via(s)

Frequência de utilização

12 / 12 horas

Duração do tratamento

7 a 10 dias consecutivos ou de acordo com a recomendação do Médico Veterinário.

Canino

Recomendado

Cães

5 mg / kg

calcular

Erliquiose canina

Recomendado

Cães

10 mg / kg

calcular

Felino

Recomendado

Gatos

10 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não deve ser administrado em animais que estejam sendo tratados com barbitúricos ou fenitoína. A absorção de doxiciclina é diminuída quando associada a soluções que contenham cálcio, magnésio, alumínio, ferro, zinco e bismuto, como antiácidos e catárticos salinos. As tetraciclinas em geral podem interferir na atividade bactericida das penicilinas, cefalosporinas e aminoglicosídeos.

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

Farmacodinâmica

A doxiciclina atua inibindo a síntese proteica nos ribossomos dos microrganismos susceptíveis

Farmacocinética

Possui rápida absorção oral devido à sua fixação às proteínas plasmáticas, suas características lipofílicas resultam em maior penetração do ativa nos tecidos, inclusive SNC e maiores volumes de distribuição e propriedades antimicrobianas gerais superiores. A doxiclina também possui absorção oral elevada, cerca de 95%, com meia vida plasmática prolongada, de aproximadamente 18 a 24 horas, precisando portanto, menos doses diárias que outras tetraciclinas. Por ser de 5 a 10 vezes mais lipofílica do que a oxitetraciclina, tem maior penetração nos tecidos, maior volume de distribuição e melhores propriedades antimicrobianas, que resulta em grande atividade contra microrganismos de permanência intracelular. A doxiciclina não se acumula em pacientes com doenças renais, já que é excretada nas fezes como conjugado ativo ou quelato.

Efeitos adversos

Embora raros, podem ocorrer reações de hipersensibilidade, náuseas, vômitos, anorexia, ou diarréia, que podem ser minimizados com a administração concomitante com alimentos (não prejudica absorção da doxiciclina). Devido à capacidade que a doxiciclina tem de ligar-se com o cálcio, pode provocar arritmias cardíacas. Somente o Médico Veterinário está apto a fazer alterações nas dosagens recomendadas para o uso do produto.

Reprodução, gestação e lactação

Não administrar em fêmeas prenhes a lactantes, animais com menos de 30 dias de idade.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Videos

  • Doxygard, o antimicrobiano de amplo espectro para cães e gatos

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.