Alfaxalona

Princípio Ativo

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Alfaxalona

Classificaçāo

Anestésico Geral

Espécies

Cães e Gatos

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Alfaxan, frasco-ampola (10 mL)

Indicações e contraindicações

Indicações

Esteróide neuroativo anestésico geral.

Contraindicações / precauções

- Não associar a outros anestésicos gerais e/ou depressores do SNC.

- Usar com cautela em pacientes idosos, severamente debilitados e/ou portadores de insuficiência renal grave.

Efeitos adversos

- Depressão respiratória, apnéia e arritmias cardíacas. A ocorrência de alterações respiratórias é muito frequente, sendo sempre recomendada a entubação e monitoração do animal.

Administração e doses

Via(s)

IM

EV Lenta

Videos da(s) via(s)

Videos da(s) via(s)

Doses

VIANA, 2014.

Cães

1 - 2 mg / kg

calcular

Gatos

5 - 10 mg / kg

calcular

Modo de usar

Cães: 1 a 2 mg/kg/EV lento (20 - 30 segundos), até se obter o grau de anestesia desejado. Para manutenção, doses adicionais devem ser administradas até um limite de 12 mg/kg.

Gatos: 5 a 10 mg/kg/IM, administrados no quadríceps (induz apenas sedação profunda).

Observações

Interações e incompatibilidade: Outros depressores do SNC e/ou anestésicos gerais.


A meia vida de eliminação plasmática nos gatos para uma dose de 5 mg/kg é de 45 minutos, já nos cães para uma dose de 2,0 mg/kg é de 25 minutos (BERRY, 2017). A rápida depuração da alfaxalona sugere uma rápida depuração da fração parenteral (WARNE et al., 2015).

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

Efeitos adversos

- Depressão respiratória, apnéia e arritmias cardíacas. A ocorrência de alterações respiratórias é muito frequente, sendo sempre recomendada a entubação e monitoração do animal.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

VIANA, F. A. B. Guia Terapêutico Veterinário. 3 ed. Minas Gerais: Editora CEM, 2014. 560 p.