Benzidamina

Princípio Ativo

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Benzidamina

Classificaçāo

Anti-inflamatório Não Esteroidal (AINE)

Espécies

Cães

Apresentações e concentrações

Opções veterinárias

Apresentações e concentrações

  • - Benflogin Drágeas 50 mg, drágea (20 un)
  • - Benflogin Gotas 30 mg, frasco (20 mL)
  • - Flogo-Rosa Pó 53,2 mg, envelope (9,4 g)

Indicações e contraindicações

Indicações

Anti-inflamatório (não esteroidal) para tratamento de quadros leves a moderados.

Destinado ao tratamento da vulvovaginite aguda, associada a dor, ardor, prurido e corrimento e doença inflamatória do colo do útero de qualquer tipo ou origem; como adjuvante no tratamento da candidíase e tricomoníase urogenital; como profilático, no pré e pós-operatório de cirurgia vaginal e na higiene íntima do pós-parto.

A administração vulvar e vaginal da benzidamina assegura alívio precoce dos sinas e sintomas de vulvovaginite, rápida remissão da congestão e edema locais e atividade antimicrobiana efetiva, preservando a flora lactobacilar normal e facilitando a restauração da condição de normalidade da vagina.

Contraindicações / precauções

Usar com cautela em portadores de anemia, asma, função cardíaca comprometida, hipertensão, doença inflamatória ou ulcerativa do trato gastrointestinal, coagulopatias, septicemia e desidratação.

- Por via tópica, destina-se ao uso vaginal, não devendo, portanto, ser ingerido. O uso prolongado de medicamento de uso tópico pode causar sensibilização. Nestes casos, o tratamento deve ser

descontinuado e uma terapia adequada deve ser instituída.

Efeitos adversos

- Estomatite, náusea, dor abdominal, alterações hematológicas, excitação, convulsões e alterações visuais.

- Por via tópica é bem tolerado e pode ser administrado por longos períodos sem que se observem efeitos adversos graves, porém pacientes com hipersensibilidade ao cloridrato de benzidamina podem apresentar reações adversas características sem frequências conhecidas (irritação e ardor local)

Reprodução, gestação e lactação

Evitar o uso em gestantes, principalmente na segunda metade da gestação.

Administração e doses

Via(s)

Tópica

Oral

Videos da(s) via(s)

Frequência de utilização

VO: 6 - 8 horas

VT: 12 - 24 horas

Doses - Cães

VO

1,5 mg / kg

calcular

VT

1 - 2 envelope / animal

Modo de usar

VT: Dissolver o conteúdo de 1 a 2 envelopes em 1 litro de água e usar em lavagens vaginais, 1 ou 2 vezes por dia, ou conforme recomendação.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

Farmacodinâmica

O cloridrato de benzidamina é um anti-inflamatório não esteroidal, derivado do imidazol, indicado para uso sistêmico ou tópico.

O cloridrato de benzidamina pertence aos anti-inflamatórios primários, pois inibe a inflamação mais por mecanismos locais do que por sistêmicos. Acumula-se, preferencialmente, nos tecidos inflamados e seus efeitos se manifestam somente em órgãos patologicamente alterados. Na aplicação tópica, além de sua atividade anti-inflamatória e analgésica, a benzidamina exerce também localmente ação anestésica, antibacteriana e antifúngica. Por outro lado, as concentrações terapêuticas de benzidamina respeitam a flora vaginal normal.

Por suas características Flogo-Rosa, anti-inflamatório para uso vaginal à base de benzidamina, é medicação apropriada para o tratamento dos processos inflamatórios cérvico-vaginais, de diferentes etiologias.

Farmacocinética

Testes espectrofotométricos demonstraram que o cloridrato de benzidamina adere ao epitélio vaginal e alcança a concentração de 9,7 - 6,24 ug/g. A gradual absorção pela mucosa vaginal produz uma baixa concentração plasmática que é insuficiente para produzir efeitos sistêmicos. A excreção é predominantemente através da urina e na forma de metabólitos inativos ou produtos conjugados.

O tempo médio estimado para início da ação terapêutica após a administração é imediato, com alívio dos sintomas em poucos minutos após aplicação.

Efeitos adversos

- Estomatite, náusea, dor abdominal, alterações hematológicas, excitação, convulsões e alterações visuais.

- Por via tópica é bem tolerado e pode ser administrado por longos períodos sem que se observem efeitos adversos graves, porém pacientes com hipersensibilidade ao cloridrato de benzidamina podem apresentar reações adversas características sem frequências conhecidas (irritação e ardor local)

Reprodução, gestação e lactação

Evitar o uso em gestantes, principalmente na segunda metade da gestação.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

VIANA, F. A. B. Guia Terapêutico Veterinário. 3 ed. Minas Gerais: Editora CEM, 2014. 560 p.