Persea americana Mill. + Glycine max (L.) Merr

Princípio Ativo

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Persea americana Mill. + Glycine max (L.) Merr

Classificaçāo

Suplemento

Espécies

Cães

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - PIASCLEDINE 300, cápsula (100 mg), 15 ou 30 un
  • - PIASCLEDINE 300, cápsula (200 mg), 15 ou 30 un

Indicações e contraindicações

Indicações

É indicado no tratamento sintomático de ação lenta para quadros dolorosos de osteoartrite de quadril e joelho, e como coadjuvante do tratamento das periodontites e gengivites.

Contraindicações / precauções

Este medicamento é contraindicado a pacientes com histórico de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula presentes e com alergia a amendoim.

Superdosagem

Não há dados disponíveis sobre a administração de superdose do produto.

Nesses casos, podem ocorrer náuseas e o paciente deve ser monitorado quanto às reações gastrintestinais.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

Videos da(s) via(s)

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

Farmacodinâmica

PIASCLEDINE® pertence a classe de medicamentos “SYSADOA” (symptomatic slow-acting drugs in osteoarthritis – drogas de ação lenta

sintomáticas em osteoartrite) que são notavelmente caracterizadas pela sua ação lenta. Por esta razão, pode ser necessário prescrever, no início do tratamento, PIASCLEDINE® combinado com um anti-inflamatório não esteroidal e/ou analgésicos, os quais devem ser reduzidos conforme a eficácia de PIASCLEDINE® for aumentando.

O modo de ação dos óleos insaponificáveis de abacate e soja, tem sido avaliado através de estudos de osteoartrite in vitro e in vivo o que evidenciam as seguintes principais propriedades farmacológicas:

- Aumento da produção de colágeno através de condrócitos articulares e redução da produção de II.1 pelos condrócitos,

- Aumento da expressão de PAI-1 (fração inibidora do ativador plasmático relacionado a lesões da cartilagem em osteoartrite),

- Aumento da expressão de fator transformador de crescimento β (TGF β) em condrócitos bovinos, mais tarde conhecidos por terem propriedades anabólicas de cartilagem.

Todas essas propriedades elementares fortemente sugerem que os óleos insaponificáveis de abacate e soja são provavelmente promotores dos mediadores.

Superdosagem

Não há dados disponíveis sobre a administração de superdose do produto.

Nesses casos, podem ocorrer náuseas e o paciente deve ser monitorado quanto às reações gastrintestinais.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.