Bobtail Japonês

Nome da Raça

Bobtail Japonês

Peso

2,5 – 4 kg

Altura

20 – 25 cm

Temperamento

Tranquilo, dócil, inteligente, brincalhão, tagarela

Introdução

Origem

Tanto em sua versão de pelo curto como a de pelo semilongo a longo, o Bobtail Japonês é cercado de mitos e versões quanto a sua real origem, mas sabe-se que é uma raça muito popular no Japão há centenas de anos. Na sua variedade mi-kê é considerado um gato que traz sorte.

Desenhos, pinturas e esculturas atestam, no Extremo Oriente, as origens antigas desta raça, que seria proveniente da China. Este gato deve seu nome à sua cauda curta, determinada por um gene autossômico recessivo.

Apenas em meados de 1968, os Estados Unidos acolheram o primeiro casal mi-kê, vindo do Japão. A raça foi reconhecida pela CFA (The Cat Fanciers’ Association) em 1976 e a de pelo longo em 1993 e, desde então, ambas têm prosperado.

Na França, ela foi introduzida em 1981 por Hélène Choisnard, que trouxe de Bangcoc (Tailândia), uma fêmea chamada Sirikit. Esta foi cruzada com o macho Aikido, trazido dos Estados Unidos, dando luz à primeira ninhada, no início de 1982.

Outra designação

Japanese Bobtail (inglês)

País de origem

Japão

Características gerais

Aspectos raciais

De tamanho médio, o Bobtail Japonês tem um corpo mediolíneo, musculoso e proporcional. A cabeça mostra-se em formato triangular e as bochechas são proeminentes, principalmente na versão pelo curto. O focinho é comprido e os olhos são grandes e ovais, que variam da coloração amarelo ao ouro-acobreado.

As orelhas são largas em sua base e se mantém eretas. Os membros traseiros são ligereiramente mais compridos do que os membros dianteiros. Sua cauda é curta e dobrada em formato de pompom, evocando a flor do crisântemo.

Quando esticada, mede em torno de 8 a 10 cm. A versão pelo semilongo a longo, além das características descritas no pelo curto, possuem pelame notavelmente alongado na cauda e nos membros traseiros. Possuem também tufos de pelo nas orelhas e em região de pescoço.

O manto da versão pelo curto é macio e sedoso, com muito pouco subpelo. Já o da variedade pelo longo, é fino e sedoso. Qualquer cor pode dominar, mas a mais popular é o de manto tricolor (preta e vermelha com fundo branco; variedade mi-kê). Também existem Bobtails com pelagem tartaruga, preta e creme com vermelho.

Pelagem

Curto ou semilongo a longo

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Bobtail Japonês é um gato ativo e não é infrequente encontrá-lo brincando com água, carregando brinquedos casa afora ou brincando sozinho. É um animal muito curioso, possui hábitos de caça e adora explorar o ambiente. São gatos tagarelas e sua voz é descrita como tendo um timbre quase musical. São sociáveis e, geralmente, se dão bem com crianças e outros animais, incluindo cães.

Esta é uma raça muito inteligente e deve-se desafiar sua mente, mantendo-o ocupado com brinquedos interativos, truques e interatividade diária com o proprietário. Por ser um gato ativo, deve-se enriquecer o ambiente com prateleiras e arranhadores para que ele possa se exercitar.

Sua pelagem é fácil de escovar, sendo necessário que o faça no máximo duas vezes na semana. Desde a infância, deve-se realizar escovação dentária, corte de unhas e limpeza de orelhas (se orientado por veterinário).

Sensibilidade a fármacos

Quando submetidos à administração de alguns fármacos, os felinos apresentam diferentes respostas daquelas manifestadas pelos cães.

Em gatos, a intoxicação pelo uso de substâncias como o paracetamol, ácido acetilsalicílico e dipirona se faz bastante frequente na rotina médico-veterinária, podendo, muitas vezes, levar o animal a óbito e isto ocorre devido às particularidades dos mecanismos de metabolização farmacológica da espécie.

Gatos apresentam uma deficiência relativa na atividade de algumas enzimas, como a glicuronil-transferase, responsável por catalisar as reações de conjugação mais importantes no metabolismo de fármacos dos mamíferos.

Além disso, estes animais são muito suscetíveis ao desenvolvimento de metahemoglobinemia e à formação de corpúsculos de Heinz após a administração de alguns fármacos, por possuírem um número maior de grupos sulfidril nas hemácias, quando comparado com cães e humanos.

Desta forma, é fundamental que o médico veterinário esteja atento a essas peculiaridades metabólicas dos gatos para melhor atender e informar seus clientes quanto ao risco da administração de certas substâncias.

Predisposição à doenças

Existe uma grande preocupação da comunidade veterinária acerca da ausência ou presença parcial da cauda em certas raças de gatos, que é geralmente causada por uma deformidade do final da coluna vertebral adquirida de forma hereditária e perpetuada por criadores.

A raça Manx, por exemplo, possui ausência da cauda, um resultado de uma mutação genética perpetuada por criadores. O Manx verdadeiro possui apenas uma cavidade onde seria a cauda, embora existam alguns com cauda residual.

O gene defeituoso responsável pela perda da cauda também pode afetar outras partes da coluna vertebral e pode causar problemas graves na coluna vertebral e alterações neurológicas e motoras.

Quando dois gatos Manx completamente sem cauda acasalam, os defeitos podem ser tão graves que muitos descendentes podem nascer mortos ou morrer logo após o nascimento.

Os mesmos problemas podem acontecer em algumas raças com caudas curtas, embora não haja muita informação acerca deste fato. Entretanto, visto o risco potencial da ocorrência destes graves problemas, a ausência de uma cauda normal levanta sérias questões sobre até quando deverão existir raças exibindo deformidades deste tipo.

Deve ser questionado é justificado continuar perpetuando, de forma deliberada, gatos com estas deformidades como caudas em tamanho anormal, uma vez que não é interesse do animal.

Referências bibliográficas

The Cat Encyclopedia: The Definitive Visual Guide. Editora: Penguim Random House / DK, 2014.

Enciclopédia Larousse do Gato e do Gatinho. Editora: Larousse, 2010.

International Cat Care. Bobtail Japones. Disponível em: https://icatcare.org/advice/cat-breeds/japanese-bobtail

Vet Street: Bobtail Japones. Disponível em: http://www.vetstreet.com/cats/japanese-bobtail

Disponível em: http://www.vetstreet.com/cats/japanese-bobtail