Norwich Terrier

Nome da Raça

Norwich Terrier

Porte

Pequeno

Peso

Fêmeas: 5-6 kg / Machos: 5-6 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 22-25 cm / Machos: 22-25 cm

Nível de atividade

Moderada

Temperamento

Extrovertido, ansioso, corajoso

Adestrabilidade

Moderada

Introdução

Origem

O Norfolk e o Norwich Terrier têm seus nomes, obviamente, inspirados nos nomes do condado e da cidade, embora atrasando o relógio para o início e meados da década de 1800 não houvesse tal distinção, sendo este apenas um cão de fazenda comum. “Glen of Imaals”, “Red Cairn Terrier” e “Dandie Dinmonts” estão entre as raças por trás desses “East Anglia Terriers” e da progêne de coloração vermelha resultante surgiram os atuais Norwich e Norfolk Terrier.

 É um típico terrier de pernas curtas, com um corpo sólido e compacto e que era usado não só na caça à raposa e ao texugo, mas, também, aos ratos. Ele tem uma disposição encantadora, é totalmente destemido, mas não é de começar uma briga. 

O Norwich Terrier foi aceito no “Kennel Club Breed Registrer” em 1932, e era conhecido como Norwich Terrier de orelhas caídas (hoje conhecidos como Norfolk Terriers) e Norwich Terrier de orelhas em pé. As raças foram separadas em 1964, e a variedade de orelhas caídas ganhou o nome de Norfolk Terrier. 

Nome original

Norwich Terrier

País de origem

Grã-Bretanha

Características gerais

Aspectos raciais

O Norwich Terrier é um dos menores “terriers”. Ele é Pequeno, vivaz, compacto e forte, dorso curto, boa substância e ossatura. Na região craniana, o crânio é largo, apenas ligeiramente arredondado, com boa largura entre as orelhas. Na região facial, o focinho é cuneiforme e forte; lábios bem aderidos; maxilares bem marcados e fortes; dentes grandes, fortes com uma perfeita e regular mordedura em tesoura.

Os olhos são relativamente pequenos, de formato oval, escuros, muito expressivos, brilhantes e vivos. As orelhas são eretas, inseridas bem separadas no topo do crânio. De tamanho médio e com as extremidades pontudas. São perfeitamente eretas quando levantadas, podem estar voltadas para trás quando não estão em atenção. 

O pescoço é forte, de bom comprimento, compatível com o correto equilíbrio geral; fluindo harmoniosamente em ombros bem oblíquos. O tronco é compacto; dorso curto; lombo curto; caixa torácica longa, bem arqueada e com boa profundidade.

O corte da cauda anteriormente era opcional. Quando cortada, era cortada medianamente. Inserida alta, perfeitamente nivelada à linha superior. Portada ereta.

Quando não cortada, o comprimento moderado para dar um equilíbrio geral ao cão; espessa na raiz e afinando para a ponta, tão reta quanto possível. Portada elegantemente, mas não excessivamente alegre; completando perfeitamente uma linha superior nivelada. 

Os membros anteriores possuem cotovelos próximos ao tronco; pernas dianteiras curtas, poderosas e retas; metacarpos firmes e verticais. Tanto parado quanto em movimento, estão direcionadas para frente.

Os membros posteriores são largos, fortes e musculosos com joelhos bem angulados; jarretes de inserção baixa e com grande propulsão. As patas anteriores e posteriores são redondas, bem acolchoadas e parecidas com “patas de gato”. 

A marcha da raça é caracterizada pelos membros anteriores direcionados retos para frente; os posteriores seguem a trilha dos anteriores; os jarretes são paralelos e mostram as almofadas quando flexionados. O pelo é duro, de arame, reto e assentado no corpo; o subpelo é denso.

É mais longo e áspero no pescoço, formando uma juba que emoldura a face. Na cabeça e orelhas o pelo é curto e liso, exceto pelos ligeiros bigodes e sobrancelhas. As cores da raça são todos os tons de vermelho, trigo, preto e castanho ou grisalho. Marcas ou manchas brancas são indesejáveis.

Pelo

Semi-longo

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Norwich é extrovertido e ama as pessoas. Ele é ansioso para conhecer todos os que ele encontra e gosta de chamar a atenção. Sua natureza carinhosa e feliz combinada com seu tamanho pequeno, faz com que ele se adapte a qualquer casa enquanto alguém estiver lá para mantê-lo companhia. Ele gosta de crianças, idosos e a maioria dos outros animais de estimação, exceto algumas aves, coelhos e roedores. 

O Norwich pode ser pequeno, mas ele é robusto. Ele é mais adequado para casas com crianças com pelo menos 7 ou 8 anos de idade. Juntos, eles podem ser companheiros de brincadeira. Nas casas com crianças mais novas, a supervisão é importante. Um adulto Norwich, que não é experiente com crianças, precisa de tempo para se acostumar com seus movimentos rápidos e vozes estridentes. 

Um Norwich tem um nível de atividade moderado, portanto, duas ou três caminhadas de 15 minutos diariamente será o suficiente. A raça é muito boa em esportes para cães, como provas de agilidade, testes de EarthDog, obediência, rali e rastreamento.

Certifique-se de sempre caminhar com ele na coleira ou brincar com ele em um quintal cercado. O Norwich não gosta de ficar sozinho por horas. Pessoas que ficam o dia inteiro fora de casa ou viajam muito não são as mais adequadas para terem essa raça. Treine o Norwich com técnicas de reforço positiva, como elogios e recompensas alimentares. 

O Norfolk Terrier possui um pelame duro, rígido e em maior quantidade no pescoço e ombros, formando uma crina protetora. Tosar os cães Norwich não é necessário, apenas um corte na tesoura bastará para manter o pelo alinhado.

Caso o tutor não queira cortar seu pelame desta forma, pode apenas escová-lo. A desvantagem disso é que eles terão mais queda de pelo. O resto abrange o cuidado básico. Corte as unhas conforme o necessário, escove os dentes com frequência para uma boa saúde geral e forneça uma alimentação de boa qualidade.

Sensibilidade a fármacos

Não foram encontrados em literatura relatos de sensibilidade à fármacos específicos relacionados à raça em questão.

Predisposição à doenças

Oftálmicas

Catarata:

  • Suspeita-se de caráter hereditário;
  • Idade média de acometimento: 6 meses a 2 anos.

Referências bibliográficas

CBKC Confederação Brasileira de Cinofilia. Padrão Oficial da Raça: Norwich Terrier. Disponível em: http://cbkc.org/racas. Acesso em: 15 fev. 2018. 

FOGLE, B. Guia Ilustrado Zahar Cães. 2 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2009. 344 p.

GOUGH, A.; THOMAS, A. Breed Predispositions to Disease in Dogs and Cats. 3º Ed. Oxford: Wiley-Blackwell, 2018. 398 p.

Nestlé Purina Australia. Dog Breeds. Norwich Terrier. Disponível em: http://www.purina.com.au/owning-a-dog/dog-breeds/NorwichTerrier. Acesso em: 10 fev. 2018

Pet guide. Breeds. Dog Breeds. Norwich Terrier. Disponível em: http://www.petguide.com/breeds/dogs/norwichterrier. Acesso em: 10 fev. 2018

Vet Street. Dog Breeds. Norwich Terrier. Disponível em: http://www.vetstreet.com/dogs/norwich-terrier. Acesso em: 10 fev. 2018

Imagem disponível em: https://vetstreet.brightspotcdn.com/dims4/default/824b7e0/2147483647/crop/0x0%2B0%2B0/resize/645x380/quality/90/?url=https%3A%2F%2Fvetstreet-brightspot.s3.amazonaws.com%2F78%2Ff04830a7e411e0a0d50050568d634f%2Ffile%2FNorwich-Terrier-1-645mk062711.jpg