Poodle

Nome da Raça

Poodle

Porte

grande, médio, anão e toy

Altura na Cernelha

Poodles Grandes/Gigantes/Standard: Acima de 45 cm até 60 cm; Poodles Médios: Acima de 35 cm até 45 cm; Poodles Anões/Miniatura: Acima de 28 cm até 35 cm; Poodles “Toys”: Acima de 24 cm até 28 cm

Nível de atividade

média

Temperamento

inteligente, carinhoso, ativo, alegre, sociável, alegre

Adestrabilidade

alta

Introdução

Origem

O Poodle tem como país de origem oficial a França, onde é chamado de “Caniche”, palavra francesa derivada de “cane”, que se refere à fêmea de pato. Originalmente, a raça era utilizada para caçar aves aquáticas devido sua inteligência excepcional¸ habilidade em nadar e pelagem abundante que servia de proteção contra o frio. 

É descendente do Barbet, e por muito tempo ambas as raças foram consideradas uma única. Mas, a partir do século XVI, foram progressivamente separadas. Os criadores esforçaram-se para obter exemplares originais e de cor uniforme e, durante os séculos XVI e XVIII, realizaram cruzamentos sucessivos entre os Poodles de tamanho médio com os padrões menores, com o intuito de obter o Poodle Anão. E, por volta do início do século 20, a variedade Toy foi criada.

Atingiu grande popularidade nos séculos XIX e XX e, hoje em dia, o é muito difundido em todo o mundo como cão de companhia.

A aceitação definitiva pela Federation Cynologique Internacionale (FCI) foi em 1955 e seu padrão oficial válido é de novembro de 2014.

Nome original

Caniche

País de origem

França

Características gerais

Aspectos raciais

O Poodle é anatomicamente bem construído e muito gracioso, com aspecto de animal inteligente, constantemente em alerta e ativo. Apresenta quatro variedades aceitas pela FCI: grande/standard, médio, anão/miniatura e toy. E, apesar de possuírem tamanhos diferentes, todas as variações apresentam a mesma construção, proporções e dimorfismo sexual evidente. Sua expectativa de vida varia de 10 a 18 anos.

A cabeça é proporcional ao corpo e moderadamente arredondada, apresentando focinho de aspecto sólido e trufa desenvolvida de cor preta nos exemplares pretos, brancos e cinzas; marrom, nos exemplares marrons e marrom ou preta nos exemplares abricós ou fulvo avermelhado, de acordo com a intensidade da cor fulvo.

Os olhos de expressão fogosa têm formado amendoado e podem ser pretos ou marrons escuros. As orelhas são bastante longas, planas, arredondadas nas pontas e portadas pendentes ao longo da face. 

O pescoço ligeiramente arqueado é forte, de comprimento médio, mas bem proporcionado. Segue pela cernelha moderadamente desenvolvida até o tronco, de comprimento um pouco superior à altura da cernelha. A cauda é inserida bem alta, no nível da linha do dorso.

A pele do Poodle deve ser flexível, mas sem ser flácida e pigmentada conforme a cor da pelagem, sendo para os exemplares brancos a cor ideal a prateada. 

O pelo pode ser cacheado ou encordoado. O cacheado deve ser de comprimento uniforme, denso, abundante, de textura fina, lanoso, bem ondulado (formando até cachos), elástico e resistente à pressão da mão. Já o encordoado forma cordões bem característicos com no mínimo 20 cm, e apresenta textura fina, é abundante, lanoso e fechado.

A pelagem é unicolor e de tom contínuo e pode ser preta, branca, marrom, cinza e fulva. A cor bege e seus tons derivados mais claros não são admitidos.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

Agressividade

Ansiedade

Predisposição à doenças

Cardiovasculares

Doença da valva mitral (Poodle miniatura)

Ruptura das cordas tendíneas 

  • Ocorre geralmente em cães diagnosticados com doença da valva mitral 

Ducto arterioso patente / Persistência do ducto arterioso (Poodle miniatura e toy)

  • Ocorre por volta de 4 meses de vida
  • Raças menores e fêmeas são mais predispostas

Cardiopatia hipertrófica

Cardiomiopatia dilatada (Poodle standard)

  • Machos são mais predispostos

Estenose aórtica

Estenose pulmonar

  • Doença prevalente nas fêmeas, na proporção 3:1

Displasia das valvas atrioventriculares

Defeito do septo ventricular

Dermatológicas

Dermatite atópica (atopia)

Alopecia endócrina

Adenite sebácea (Poodle standard)

  • Herança autossômica recessiva
  • Diagnóstico obtido por volta dos 5 nos de idade

Endócrinas

Diabete mellitus (Poodle miniatura e toy)

  • Fêmeas mais idosas e inteira são mais predispostas
  • Na variação toy a idade média de apresentação da doença foi entre 7 e 9 anos

Diabetes insípidus nefrogênico (Poodle miniatura)

Hiperadrenocorticismo/ Síndrome de Cushing (Poodle miniatura)

Hipoadrenocorticismo/ Síndrome de Addison (Poodle standard)

  • Fêmeas são mais predispostas

Hipoparatireoidismo primário (Poodle toy)

Gastrointestinais

Colite

Mucocele

Shunt portossistêmico congênito (Poodle standard e toy)

Dilatação vólvulo-gástrica (Poodle standard)

Hepatite lobular dissecante (Poodle standard)

  • Ocorre em neonatos e cães adultos jovens

Hipoplasia da veia porta (Poodle miniatura e toy)

  • Pode ocorrer em conjunto com o shunt portossistêmico
  • Casos relatados em cães entre 6 meses e 6 anos

Hematológicas e imunológicas

Reação focal granulomatosa

  • Resposta imunológica às vacinas inativadas é potencializada pelos coadjuvantes incorporados, resultando na formação de nódulos subcutâneos ou intradérmicos firmes nos locais de aplicação da vacina 

Eritroenzimopatias

  • Deficiência de piruvatoquinase (PK)

Anormalidades da membrana

  • Macrocitose familiar e disematopoese (Poodle miniatura e toy)
  • A macrocitose familiar dos Poodles é um defeito eritrocitário hereditário sem nenhuma consequência clínica aparente

Anemia hemolítica imunomediada

Doença de von Willebrand I (DvW-I)

Musculoesqueléticas

Vértebra de transição lombossacral 

Osteocondrose – ombro (Poodle standard)

  • Machos são mais susceptíveis
  • Ocorre principalmente entre 4 e 7 meses de idade, período de crescimento rápido

Luxação de patela (Poodle standard, miniatura e toy)

  • Geralmente ocorre luxação medial da patela

Necrose asséptica da cabeça do fêmur (Poodle toy)

  • Herança autossômica recessiva

Neonatais

Hidrocefalia

Fenda Palatina/lábio leporino (Poodle toy)

Encefalopatia neonatal com convulsões (Poodle standard)

  • Herança autossômica recessiva

Neoplásicas

Carcinoma gástrico

  • Seu diagnóstico ocorre por volta dos 10 anos de vida 

Adenoma/adenocarcinoma

Hemangiossarcoma

Neoplasia mamária

Mastocitoma

Melanoma

Carcinoma de células escamosas

Feocromocitoma (Poodle miniatura)

Isulinoma

Tumores vertebrais (Poodle standard)

  • Diagnosticados por volta dos 7 anos 

Neurológicas

Encefalite neonatal (Poodle standard)

Subluxação/ instabilidade atlantoaxial (Poodle miniatura e toy)

  • Condição congênita ou adquirida
  • Animais jovens e menores são mais predispostos

Discoespondilite

  • Machos e animais mais velhos são mais predispostos

Doença do disco intervertebral (Poodle miniatura e toy)

Epilepsia idiopática (Poodle standard, miniatura e toy)

Crise epiléptica generalizada tônica

Abiotrofia cortical cerebelar (Poodle miniatura)

Mielopatia degenerativa (Poodle standard e miniatura)

Glicoproteinose neuronal

Doença do armazenamento lisossomal

  • Mucopolissacaridose IV (Poodle Miniatura) - suspeita-se de herança autossômica recessiva
  • Gangliosidose GM2

Meningoencefalite necrosante (Poodle miniatura)

  • Normalmente atinge cães jovens, com idade inferior a 4 ou 5 anos

Odontológicas

Dentição anormal

  • Polidontia
  • Prognatismo
  • Persistência de dentes decíduos

Doença periodontal 

Oftálmicas

Degeneração progressiva de cones e bastonete

Atrofia progressiva da retina (Poodle standard, miniatura e toy)

Catarata

Glaucoma 

  • Primário: ocorre em Poodle miniatura principalmente
  • Secundário: pressão intraocular elevada devido a uma doença ocular primária impede o fluxo do humor aquoso

Miopia

Distiquíase

Ceratoconjuntivite seca (Poodle miniatura)

  • O Poodle miniatura foi a terceira raça mais comum na Europa a desenvolver essa afecção segundo um estudo realizado em 2009

Luxação do cristalino (Poodle miniatura)

  • Poodle miniatura é mais predisposto

Hipoplasia do nervo óptico (Poodle miniatura)

  • Suspeita-se de herança congênita
  • Relatada em Poodles miniatura

Renais e urinárias

Urolitíase (Poodle miniatura e toy)

  • Raças menores e macho desenvolvem principalmente urolitíase por urólitos de oxalato de cálcio, e raças pequenas e fêmeas urolitíase por urólitos de estruvita 

Ureter ectópico (Poodle miniatura e toy)

Infecção do trato urinário (Poodle miniatura e toy)

Doença renal familial (Poodle standard)

Displasia renal (Poodle standard)

Reprodutivas

Neoplasia testicular (Poodle miniatura e toy)

Criptorquidismo (Poodle standard, miniatura e toy)

Eclâmpsia 

  • Raças de pequeno porte são mais predispostas

Respiratórias e pneumológicas

Bronquiectasia

Colapso de traqueia (Poodle miniatura)

Bronquite crônica

Referências bibliográficas

Jericó, M. M.; Andrade Neto, J. P. de; Kogika, M. M. Tratado de Medicina Interna de Cães e Gatos. 1. ed. Rio de Janeiro: Roca, 2015.

Gough, A., Thomas, A., O'neill, Dan. Breed predispositions to disease in dogs and cats. John Wiley & Sons. 2018; 192-193.

Caniche. Federation Cynologique Internationale (FCI). Disponível em: < http://www.fci.be/en/nomenclature/POODLE-172.html>

Ficha do Poodle Toy. Cachorrogato – Tudo sobre cachorros e gatos. Disponível em:< http://www.cachorrogato.com.br/racas-caes/poodle-toy/>

Padrão Oficial da Raça Poodle. Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), janeiro, 2015. Disponível em: < http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_198.pdf

Poodle. Petz blog. Disponível em: < https://www.petz.com.br/blog/racas/poodle/>

Poodle. The American Kennel Club (AKC). Disponível em: < http://www.akc.org/dog-breeds/poodle/

Imagem: http://www.vetstreet.com/dogs/poodle