Smoushond Holandês

Nome da Raça

Smoushond Holandês

Porte

Pequeno

Peso

Fêmeas: 7 a 11 kg. Machos: 7 a 11 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 35 cm a 40 cm. Machos: 37 cm a 42 cm

Nível de atividade

Média

Temperamento

afetivo, alegre, amigo e animado por natureza

Adestrabilidade

Média/ Alta

Introdução

Origem

O Smoushond Holandês era muito popular entre a classe média alta na Holanda em meados do século XIX para acompanhar cavalos, carruagens e caçar ratos nos estábulos. Seu jeito amigável, vivaz e sua capacidade de não se assustar facilmente colaboraram muito com o seu trabalho.

Sua origem é pouco conhecida, contudo acredita-se que o Shnauzer Amarelo seja um dos cães que deram origem a criação dessa raça. 

Um comerciante de cães em Amsterdam vendeu estes cães como “gentis cães de estábulos” para os visitantes da bolsa de mercadorias de Amsterdam. Para diferenciá-los do Griffon de Bruxelas, começaram a serem chamados de “Smous”, que significa “barba áspera”.

O primeiro padrão da raça foi escrito em 1905 e revisado em 1980. Sua grande popularidade foi diminuindo com o passar dos anos, a ponto de quase desaparecer. Até que em 1973, a senhora H. M. Barkman van der Weel decidiu retomar a criação da ninhada.

Desde 1978 o interesse do Smoushond Holandês é protegido pelo Hollandse Smoushonden Club. 

Nome original

Hollandse Smoushond

País de origem

Holanda

Características gerais

Aspectos raciais

Sua aparência geral é de um cão de pelagem rústica, vivaz, ativo, forte e de construção quadrada, compacto e musculoso, sendo que as fêmeas podem ter o corpo levemente mais alongado.

A cabeça é larga e encurtada, com um distinto stop. A ornamentação da cabeça é uma de suas características mais marcantes. Possui trufa preta e larga, focinho largo e ponte nasal reta.

Os lábios são aderentes, com bordas pretas. A mordedura é preferivelmente em tesoura, mas também pode se apresentar em torquês (ponta com ponta) ou ligeiramente prognata inferior.

Os olhos marrons escuros são muito típicos da raça, com uma expressão vivaz e amigável; são grandes e redondos, nem proeminentes nem profundos. As orelhas possuem inserção alta, relativamente pequenas e pendentes. 

O pescoço é mais para curto e musculoso e o tronco deve dar uma impressão de firmeza.

Apresenta cauda bastante curta, alcançando apenas a ponta do jarrete; portada alegremente, mas não enrolada sobre o dorso. Os membros anteriores e posteriores são moderadamente angulados, fortes e musculosos. As patas são redondas, ajustadas e pequenas (“pés de gato”). Unhas pretas são preferíveis.

Movimenta-se de forma fácil, fluente e com passadas regulares. No corpo, o pelo é áspero, duro, resistente, reto e com uma aparência despenteada e com um subpelo suficiente. A pelagem da cabeça é preferivelmente da mesma textura dura que a do corpo.

O pelo é mais longo nas bochechas e forma bigodes, barba e sobrancelhas. As sobrancelhas podem cair um pouco sobre os olhos, contanto que o comprimento delas não esconda os olhos ou interfira na visão. As pernas são cobertas com uma pelagem com a mesma textura do corpo, embora ligeiramente mais curta. A pelagem da cauda é completamente espessa.

Cor: Coloração sólida amarela em todas as suas tonalidades, com preferência para cor palha escura. Orelhas, bigodes, barba e sobrancelhas podem ser de uma nuança

amarela mais escura. Qualquer outra cor diferente do amarelo é indesejável.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

É um animal afetivo, alegre e amigável. Seu temperamento combina bem com crianças e convivência com outros cães. Possui boa disposição e é alerta, podendo assim ser um ótimo cão de guarda. Costuma latir bastante, portanto é interessante treiná-lo desde cedo para que este comportamento não se torne exagerado.

Apesar de muito animado, não é hiperativo e nem amedrontado facilmente. É reservado com estranhos, porém não agressivo. Tem expectativa de vida de 12 a 15 anos.

Apesar de ser um cão que se adapta em diversos ambientes, é necessário que sejam praticados exercícios diários para que o animal possa extravasar seu excesso de energia e não fique entediado.

Sua marca registrada é caracterizada pelos seus pelos desgrenhados, portanto assim devem permanecer. Pode-se escová-los com um pente de dentes largos para remoção de embaraços, contudo isto deve ser feito com pouca frequência. A tosa não é recomendada a não ser por profissionais nessa raça.

Predisposição à doenças

Não existem registros no histórico da raça para predisposições a doenças específicas. 

Referências bibliográficas

Padrão Oficial da Raça Smoushond Holandês. CBKC, mar., 2012. Disponível em: < http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_66.pdf>

Ficha do Smoushond Holandês. CachorroGato. Disponível em: < http://www.cachorrogato.com.br/racas-caes/smoushond-holandes/>

Smoushond Holandês. Guia de Bichos. Canal do Pet. Disponível em: < http://canaldopet.ig.com.br/guia-bichos/cachorros/smoushond-holandes/57a23d455ac14f092055b297.html>

Smoushond Holandês. Cino Clube Bivar. Disponível em: < https://cinoclubebivar.wordpress.com/2010/10/25/smoushond-holandes/>

Federation Cynologique Internationale. Disponível em: <http://www.fci.be/en/>

Imagem: Disponível em: < https://comunidadmascotas.wordpress.com/tag/perro-smoushond-holandes/>