Spaniel Francês

Nome da Raça

Spaniel Francês

Porte

Médio

Peso

Fêmeas: aproximadamente 25 kg. Machos: aproximadamente 25 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 55 a 59 cm. Machos: 56 a 61 cm.

Nível de atividade

Alta

Temperamento

Equilibrado, gentil, dócil e calmo

Adestrabilidade

Média / Alta

Introdução

Origem

O Spaniel Francês, também conhecido como Epagneul Français ou French Spaniel, descende dos cães de caça de aves, descrito por Gaston Febus e utilizado na Idade Média. Seus ancestrais estão mais que provavelmente na origem das diversas variedades de Spaniels de caça. Através de uma cuidadosa seleção, esta raça de apontadores tornou-se elegante e atética.

Muito popular durante a Idade Média, era o favorito da realeza francesa e amplamente utilizado pela falcoaria e nas atividades de caça de aves. Durante o século XVII, encontrou um lugar seguro na realeza de Versailles, onde caçava perdizes e faisões. Ele se tornou tão popular nesta época que fotos destes cães são encontradas em obras e gravuras de 1600.

Apesar de ser considerada uma raça antiga, o Spaniel Francês era pouco conhecido fora da França até a década de 1970, quando foi introduzido na província canadense de Quebec. Tornou-se um cão popular no Canadá desde então, utilizado geralmente para a caça de galinholas e perdizes.

O primeiro standard foi elaborado em 1891 por James de Connick; ele foi revisado várias vezes, sendo adaptado às diversas evoluções da raça.

Nome original

Epagneul Français

País de origem

França

Características gerais

Aspectos raciais

Sua aparência geral é de um cão de tamanho médio, elegante e musculoso; mediolíneo, do tipo bracóide. Sua longevidade é de 12 a 14 anos de idade. Sua harmoniosa construção proporciona a energia e resistência essenciais para sua função.

Sua cabeça é portada orgulhosamente, apresentando relevos bem desenhados, de comprimento e largura medianos. Possui stop progressivo e moderadamente pronunciado. A trufa é marrom, bem pigmentada, com narinas bem abertas. O focinho é ligeiramente mais curto que o crânio.

O lábio superior é bem aderente e não deve cobrir exageradamente o lábio inferior.

Apresenta mordedura em tesoura ou em torquês. Os olhos são de cor canela ao marrom escuro, os mais próximos da cor das manchas da pelagem, bastante grandes e de formato oval. As orelhas são inseridas bem para trás, ao nível dos olhos.

O pescoço é musculoso, ligeiramente arqueado, de forma oval e sem barbelas. Apresenta lombo largo, não muito longo e musculoso. A garupa é larga, arredondada e harmoniosamente inclinada no prolongamento do lombo.

A cauda é portada obliquamente, curvando-se para baixo na raiz e curvando-se mais ou menos para cima em sua ponta. Forte na raiz, ela diminui progressivamente para a extremidade. Guarnecida de franjas sedosas, ondulantes e longas.

Os membros anteriores são bem aprumados e os posteriores são possantes e musculosos da coxa até a perna. As patas apresentam-se ovais, com dedos fechados e bem arqueados, terminando com unhas fortes e escuras. Possuem pelos entre os dedos e almofadas firmes e escuras; as posteriores são mais longas que as anteriores.

Sua movimentação é fácil, flexível, regular, enérgica e sempre elegante.

A pele apresenta-se flexível e bem aderente ao corpo. O pelo é longo e ondulado sobre as orelhas, ultrapassando suas cartilagens assim como na parte traseira dos membros e na cauda. Plano, sedoso e bem denso sobre o corpo.

Cor: Branco e marrom com manchas moderadas; às vezes com predominância de manchas irregulares; pouco ou moderadamente manchetado e ruão sem excesso. A cor marrom varia da canela ao fígado escuro. Uma listra branca na cabeça é apreciada, porém sua ausência é admitida. Todas as mucosas externas são marrons sem despigmentação, especialmente na trufa, nos lábios e nas pálpebras.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Spaniel Francês é equilibrado, dócil, gentil, e calmo, mostrando-se um ótimo cão de companhia. Forma um forte vínculo com seu proprietário.

Geralmente, é bastante sociável com outros cães e com outras pessoas, não possuindo agressividade.

Entusiasmado para caçar, ativo, forte e resistente, necessita viver em locais maiores, como casas com quintais, pois exige alto nível de exercícios físicos e mentais. Portanto, é importante que sejam praticadas atividades físicas diárias com este animal.

Predisposição à doenças

Dermatológicas

Síndrome da Mutilação Acral

  • raro
  • sinais observados entre os 3,5 meses a 1 ano de idade

Referências bibliográficas

Padrão Oficial da Raça Spaniel Francês. CBKC. Disponível em: < http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_161.pdf>

Spaniel Francês. Mundo Animal. Disponível em: < http://mundoanimal.net.br/spaniel-frances/>

Spaniel Francês. Guia de Raças. Disponível em: < http://www.guiaderacas.com.br/cachorros/racas/spaniel-frances.shtml>

Epagneul Francais (French Spaniel). UKC. Disponível em: < https://www.ukcdogs.com/epagneul-francais-french-spaniel>

Spaniel Francês. Lupus Alimentos. Disponível em: < http://lupusalimentos.com.br/lupus_guiadog/spaniel-frances/>

THOMAS, A.; O’NEILL, D.; GOUGH, A. Breed Predispositions to Disease in Dogs. Jonh Wiley & Sons Ltd. 3 ed. 2018. 

Federation Cynologique Internationale. Disponível em: <http://www.fci.be/en/>

Imagem: Disponível em: < http://www.solbrilhando.com.br/Animais/Caes/Racas/Caes_pelo_Mundo/Europa/Franca/Spaniel_Frances.htm>