Stabyhoun

Nome da Raça

Stabyhoun

Porte

Médio

Peso

Fêmeas: 18 a 23 kg. Machos: 22 a 27 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 48 a 50 cm. Machos: 50 a 53 cm

Nível de atividade

Alta

Temperamento

Independente, afetuoso, tranquilo e vigilante

Adestrabilidade

Média / Alta

Introdução

Origem

O Stabyhoun, também conhecido como Stabijhoun ou Stabij ou Cão de Aponte Frisão, trata-se de uma raça rara originada na área florestal da Frísia, na Holanda. Acredita-se que descenda de Spaniels trazidos durante a Ocupação Espanhola (1568-1648).

A primeira descrição escrita da raça ocorreu no início do século XVIII. Foi criado por fazendeiros que precisavam de um cão que pudesse caçar, ser cão de guarda, trabalhar e viver dentro de casa como um cão de companhia. É também essa falta de especialização que o torna tão raro. Por não ser expert em nenhum trabalho específico, é menos desejado.

No início do século 20, o Stabijhoun e o Wetterhoun foram regularmente cruzados entre si. Deste modo, as variedades específicas de cada um foram ameaçadas de serem perdidas. Em 1938, um grupo de pessoas entusiastas do Kynologenclub Friesland começou a purificar novamente as duas raças e, em 1942, ambas as raças foram oficialmente reconhecidas.

O primeiro padrão foi oficializado em 10 de fevereiro de 1944. Em 2013, a população de Stabyhoun no mundo foi estimada em mais de 6000 cães. 

Nome original

Stabyhoun

País de origem

Holanda

Características gerais

Aspectos raciais

Sua aparência geral é de um cão de aponte funcional e fortemente construído. O tamanho da cabeça é proporcional ao corpo. Sua expressão é gentil, amigável e atenta. Visto de lado, o stop parece ser mais marcado por causa das desenvolvidas sobrancelhas. A trufa é bem desenvolvida com narinas bem abertas, sendo preta em cães com uma pelagem cor preta e branca e marrom em cães com uma pelagem marrom e branca. 

Apresenta focinho forte, afilando gradualmente em direção à ponta da trufa, sem ser pontuda, vista tanto de cima quanto de perfil (em forma de cunha). Possui mordedura em tesoura.

Os olhos têm tamanho médio e formato ligeiramente arredondado. O pigmento da íris é marrom escuro para cães preto e branco e uma cor marrom mais clara para cães com pelagem marrom e branca. 

As orelhas são moderadamente longas, chegando ao canto da boca, com forma de uma espátula que não é redonda, mas que termina numa ponta arredondada. O pelo da orelha é uma característica típica: na base da orelha é bastante longo, diminuindo gradualmente de comprimento em seguida, com o terço inferior da orelha coberto com pelo curto.

O pescoço possui comprimento médio e é forte e arredondado. O tronco é potente, definido e bem musculoso. A cauda é usualmente portada baixa, encurvada e coberta até a ponta com pelagem longa e densa.

Os membros anteriores e posteriores são poderosos e funcionalmente angulados. As patas são fortes, compactas e em formato ligeiramente oval. Dedos bem arqueados, fechados e virados para frente.

Sua movimentação é poderosa, harmoniosa, com boa direção e bastante cobertura de solo. A pelagem é de comprimento médio e em linha reta no corpo, com um subpelo resistente às intempéries.

Cor: é um cão malhado em preto ou marrom com marcações brancas, mas ruãos tanto preto quanto brancos são aceitos. O branco pode ter ruão ou riscas. A cabeça é preta ou marrom, com ou sem uma listra. Ambas as cores ocorrem com ou sem placas. Coberturas com uma (distinta) sela são toleradas. 

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

Afetuoso, calmo e meigo, gosta do simples fato de estar perto do proprietário, não demandando atenção em excesso. Pode conviver perfeitamente com crianças e animais de estimação. Geralmente, é reservado com estranhos.

Por ser muito inteligente, vigilante e obediente, é considerado um bom cão de guarda. Pode ser um pouco teimoso, portanto paciência e uma educação consistente são essenciais.

Nasceu para ficar ao ar livre com o homem, sendo tanto um cão Retriever quanto um Pointer. Essa raça foi construída para poder andar por longas distâncias sobre um terreno que varia, às vezes escalando e também nadando se for necessário. Assim sendo, são necessárias atividades físicas e mentais diárias com este animal.

O Stabyhoun é um cão que se limpa praticamente sozinho. Portanto são recomendados banhos de forma ocasional para que não comprometa esta proteção natural. Os pelos devem ser escovados regularmente. Os ouvidos devem ser observados e limpos periodicamente para evitar infecções.

Predisposição à doenças

Musculoesqueléticas

Displasia Coxo-femoral

Referências bibliográficas

Padrão Oficial da Raça Stabyhoun. CBKC. Disponível em: < http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_163.pdf>

Stabyhoun. UKC. Disponível em: < https://www.ukcdogs.com/stabyhoun>

Conheça as 5 raças de cachorro mais raras do mundo. Curiosidades. Canal do Pet. Disponível em: < http://canaldopet.ig.com.br/curiosidades/especiais/2017-08-24/racas-de-cachorro-raras.html>

Stabyhoun. Mundo Animal. Disponível em: < http://mundoanimal.net.br/stabyhoun/>

Ficha do Stabyhoun. CachorroGato. Disponível em: <http://www.cachorrogato.com.br/racas-caes/stabyhoun/>

UK Stabyhoun Association. Disponível em: <http://stabyhounuk.com/health/>

Stabyhoun. Cino Clube Vivar. Disponível em: <https://cinoclubebivar.wordpress.com/2010/10/25/stabyhoun/>

Federation Cynologique Internationale. Disponível em: <http://www.fci.be/en/>

TAUSZ, B. Dicionário de Cinologia. São Paulo, Nobel, 1997.

Imagem: Disponível em: < http://dogzonenyc.com/dog-facts/stabyhoun-dogs>