Terrier Brasileiro

Nome da Raça

Terrier Brasileiro

Porte

Médio

Peso

Fêmeas: 10kg no máximo. Machos: 10kg no máximo

Altura na Cernelha

Fêmeas: 33 a 38 cm. Machos: 35 a 40 cm

Nível de atividade

Alta

Temperamento

Ativo, alerta, amigável e inteligente

Adestrabilidade

Alta

Introdução

Origem

No século XIX e início do século XX, muitos jovens brasileiros estudavam em universidades europeias, especialmente, na França e Inglaterra. Estes frequentemente retornavam casados para suas fazendas e suas esposas traziam consigo um cão do tipo Terrier.

Este se adaptou à vida da fazenda e acasalou com cães e cadelas locais. Assim, uma nova raça – a qual é hoje conhecida por Terrier Brasileiro (Fox Paulistinha ou Rat Terrier) – foi formada e fixada ao longo de poucas gerações.

Acredita-se que a raça seja proveniente de cruzamento entre as raças: Manchester Terrier, Bull Terrier, o extinto Terrier Inglês Branco, Beagle, Fox Terrier de Pelo Liso, Toy Fox Terrier, Greyhound Italiano e outros cães caboclos. Esse terrier era muito utilizado na caça a raposas e pequenos roedores.

Nome original

Terrier Brasileiro

País de origem

Brasil

Características gerais

Aspectos raciais

Sua aparência geral é de um cão de médio porte, esbelto e com corpo de aparência quadrada com nítidas linhas curvas que o diferencia do retilíneo Fox Terrier de Pelo Liso.

Vista de cima, a cabeça tem a forma triangular, mais larga na base, com orelhas bem afastadas, estreitando-se acentuadamente dos olhos até a ponta da trufa. Possui stop pronunciado. A trufa é moderadamente desenvolvida de cor escura e narinas largas. O focinho é forte e bem cinzelado abaixo dos olhos com declive na base do focinho, acentuando o stop. Os lábios são secos e firmes. Apresenta mordedura em tesoura.

Seus olhos são bem separados, direcionados para a frente, moderadamente proeminentes, grandes e com sobrancelhas ligeiramente acentuadas. Arredondados, bem abertos, vivos, com uma expressão inteligente; tão escuro quanto possível. A variedade azul tem olhos cinza azulados; a variedade marrom tem olhos marrons, verdes ou azuis.

As orelhas têm formato triangular com terminação em ponta; portadas semi-eretas, com a ponta dobrada voltada para o canto externo do olho. O pescoço possui comprimento moderado, proporcional à cabeça. O tronco é bem balanceado, não muito pesado, de aparência quadrada com linhas curvas bem definidas. 

A cauda geralmente é curta, de inserção baixa, vigorosa, portada alegremente, sem curvar-se sobre o dorso. Era costume realizar a caudectomia nesta raça, contudo é importante lembrar que esta prática é proibida por lei no Brasil se feita apenas para fins estéticos.

Os membros anteriores quando vistos de frente, apresentam-se retos, moderadamente afastados, mas alinhados com os posteriores que também são retos, porém mais afastados. As patas são compactas, com os dois dedos do meio mais longos. As posteriores são mais longas que as dianteiras.

Sua movimentação é elegante, livre, rápida e curta. A pele é bem ajustada. Possui pelo curto, liso, fino sem ser macio, bem assentado à pele, tipo pelo de rato. Não se pode ver a pele através do pelo. Cor: Cor do fundo predominantemente branca com marcações pretas, azuis ou marrons; as seguintes marcações típicas e características devem estar sempre presentes: castanho acima dos olhos, em ambos os lados do focinho e na face interna e nas bordas das orelhas.

Essas marcações podem se estender por outras regiões do corpo como transição entre o branco e o preto. A cabeça deve sempre apresentar marcações em preto, azul ou marrom na região frontal e orelhas.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Terrier Brasileiro é bastante ativo e alerta, mostrando-se um ótimo cão de guarda. Com sua família e amigos é gentil e dócil, porém cauteloso com estranhos. Como cão de fazenda, normalmente fica bem com outros cães e gado, porém não é indicado que seja colocado próximo de pequenos animais, devido ao seu forte instinto caçador.

Por ser inteligente e atento, aprende com facilidade truques e comandos, sendo comumente visto em espetáculos.

Não gosta de ficar sozinho e é bastante apegado ao seu proprietário. Determinado e teimoso, precisa que sejam estabelecidas regras. Também é importante que seja adequadamente socializado desde filhote com outras pessoas e animais, já que não aceita facilmente estranhos.

Por ser muito ativo e agitado, exige alto nível de exercícios diários, sendo ideal que viva em ambientes espaçosos, como casas com quintais, para que possa correr e brincar afim de extravasar sua abundante energia.

Deve ser escovado semanalmente e banhado ocasionalmente. Por apresentar pelo curto e liso, não necessita de nenhum tipo de tosa. Os ouvidos devem ser periodicamente observados e limpos para evitar infecções.

Predisposição à doenças

Endócrinas

Hipotireoidismo Congênito

  • associado com hipomielinização do Sistema Nervoso Central

Neurológicas

Tumor Cerebral Primário

Oftálmicas

Luxação Primária do Cristalino

Referências bibliográficas

Padrão Oficial da Raça Terrier Brasileiro. CBKC. Disponível em: < http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_94.pdf>

Rat Terrier. AKC. Disponível em: < http://www.akc.org/dog-breeds/rat-terrier/>

Rat Terrier. UKC. Disponível em: < https://www.ukcdogs.com/rat-terrier>

Terrier Brasileiro. Guia de Raças. Disponível em: <http://www.guiaderacas.com.br/Terrierb.shtml>

Terrier Brasileiro. Canal do Pet. Guia de Bichos. Disponível em: <http://canaldopet.ig.com.br/guia-bichos/cachorros/terrier-brasileiro/57a23d3c5ac14f092055b266.html>

Ficha do Terrier Brasileiro. CachorroGato. Disponível em: <http://www.cachorrogato.com.br/racas-caes/terrier-brasileiro-fox-paulistinha/>

Fox Paulistinha, o Terrier Brasileiro. Adimaxpet. Disponível em: <http://www.adimaxpet.com.br/noticias/racas/fox-paulistinha-o-terrier-brasileiro>

Fox Paulisitinha. Tudo sobre Cachorros. Disponível em: < http://tudosobrecachorros.com.br/fox-paulistinha/>

THOMAS, A.; O’NEILL, D.; GOUGH, A. Breed Predispositions to Disease in Dogs. Jonh Wiley & Sons Ltd. 3 ed. 2018. 

Federation Cynologique Internationale. Disponível em: <http://www.fci.be/en/>

Imagem: Disponível em: <http://quantocustaum.com.br/terrier-brasileiro-caracteristicas-e-preco/>