Thai Ridgeback

Nome da Raça

Thai Ridgeback

Porte

Médio

Peso

Fêmeas: 16 a 25 kg. Machos: 16 a 25 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 51 a 56 cm. Machos: 56 a 61 cm

Nível de atividade

Média / Alta

Temperamento

Ativo, leal, resistente, ágil e protetor

Adestrabilidade

Média

Introdução

Origem

A origem do Thai Ridgeback, também chamado de Mah Thai, é desconhecida, contudo sabe-se que foi desenvolvido no leste da Tailândia, onde viveu principalmente na ilha de Dao Phu Quoc, perto da fronteira do Camboja e do Vietnã. Seu relativo isolamento permitiu que a raça se mantivesse pura. Referências escritas no século XVII descrevem a raça.

Foi criado com o objetivo de desenvolver um cão de propósito geral, utilizado como cão de guarda e alarme, assim como para escolta das carruagens e como cão de caça. Uma teoria sugere que seja descendente do extinto cão Hottentot, o qual pode ter desempenhado papel no desenvolvimento do Rhodesian Ridgeback.

A raça é ainda muito rara fora da Tailândia.

Nome original

Thai Ridgeback

País de origem

Tailândia

Características gerais

Aspectos raciais

Seu aspecto geral é de um cão de tamanho médio com pelo curto, formando uma crista sobre o dorso. Possui músculos bastantes desenvolvidos. 

Apresenta crânio plano entre as orelhas, mas ligeiramente arredondado quando visto de perfil. A testa é enrugada quando está atento e o stop é claramente definido, porém moderado. A trufa é preta; em cães azuis, é azulada. O focinho tem forma de cunha, ligeiramente mais curto que o crânio.

Os lábios são justos e com boa pigmentação. Marcação preta na língua é preferível. Possui mordedura em tesoura. Os olhos têm tamanho médio e são amendoados; coloração marrom escura. Nos azuis, olhos de cor âmbar são permitidos. As orelhas são de tamanho médio, triangulares, inclinando-se para frente e firmemente eretas.

O pescoço é de tamanho médio, forte, musculoso, ligeiramente arqueado e mantendo a cabeça alta. Seu dorso é forte e nivelado; o lombo é forte e largo. A cauda é grossa na base com gradual afinamento em direção à ponta. Portada verticalmente e ligeiramente curvada.

Possui ombros bem colocados para trás e coxas bem desenvolvidas com joelhos bem angulados. Apresenta patas ovais. As unhas são pretas, porém podem ser mais claras dependendo da cor da pelagem.

A aparência geral do cão em movimento é de suave fluidez e ritmo bem equilibrado. Caminha em linha reta.

A pele é macia, fina e ajustada ao corpo. Seu pelo é curto e liso. A crista na região dorsal é formada por pelos que crescem na direção oposta aos do restante da pelagem. Cor: Cores sólidas: vermelho, preto, azul e um fulvo muito claro (isabella). Máscara preta é preferível nos vermelhos. 

Possui expectativa de vida de 10 a 14 anos de idade.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

Trata-se de um leal cão de família, sendo bastante devotado aos seus proprietários, desde que adequadamente treinado e socializado. 

Esta raça pode ser um pouco difícil de treinar, necessitando de um dono dominante, pois gosta de fazer coisas à sua maneira e testa os limites da autoridade do proprietário para saber até onde pode chegar, já que é um animal muito independente. Devido a sua natureza, não é recomendado que seja adestrado por alguém inexperiente.

Por outro lado, o Thai Ridgeback reconhece e respeita se perceber uma firme e calma (porém não rigorosa) liderança, tornando-se uma excelente companhia. Tem forte instinto protetor e de guarda, defendendo seu lar e podendo ser agressivo ou tímido com estranhos. Geralmente escolhe uma pessoa como sua favorita, todavia protege toda a sua família.

Costuma latir apenas ao se sentir ameaçado. Por ser caçador, pode perseguir outros animais. É muito ativo, com ótima habilidade de saltar. São necessários exercícios físicos diários para que se torne um cão equilibrado. 

Seu pelo deve ser escovado regularmente e seus ouvidos devem ser observados e limpos de forma periódica.

Predisposição à doenças

Fisiológicas

Crista Dorsal

Neurológicas

Dermoid Sinus (Cisto de “Dermoid”)

Referências bibliográficas

Padrão Oficial da Raça Thai Ridgeback. CBKC. Disponível em: <http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_125.pdf>

Thai Ridgeback. UKC. Disponível em: <https://www.ukcdogs.com/thai-ridgeback>

Thai Ridgeback. AKC. Disponível em: < http://www.akc.org/dog-breeds/thai-ridgeback/detail/>

Thai Ridgeback. Pet Paw. http://www.petpaw.com.au/breeds/thai-ridgeback/#tab-id-5

Jack Sterling. Thai Ridgeback Dog History. ATRA. Disponível em: <http://www.thaidog.org/trd_history.html>

Thai Ridgeback Information. Association of Thai Ridgeback Owners and Fanciers. Disponível em: <http://americantrd.tripod.com/thai-ridgeback-info.html>

Thai Ridgeback. Vetstreet. Disponível em: <http://www.vetstreet.com/dogs/thai-ridgeback#overview>

Thai Ridgeback. Dog Breed Info. Disponível em: <https://www.dogbreedinfo.com/thairidgeback.htm>

THOMAS, A.; O’NEILL, D.; GOUGH, A. Breed Predispositions to Disease in Dogs. Jonh Wiley & Sons Ltd. 3 ed. 2018. 

Federation Cynologique Internationale. Disponível em: <http://www.fci.be/en/>

Imagem: Disponível em: < http://www.petpaw.com.au/breeds/thai-ridgeback/>