Veadeiro Pampeano

Nome da Raça

Veadeiro Pampeano

Porte

Médio

Peso

Fêmeas: aproximadamente 20 kg. Machos: aproximadamente 20 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 47cm a 59cm. Machos: 47cm a 59cm

Nível de atividade

Alta

Temperamento

Obediente, caçador e tranquilo

Adestrabilidade

Alta

Introdução

Origem

O Veadeiro Pampeano, também conhecido como Veadeiro Brasileiro, Perdigueiro Brasileiro, Gaúcho, Cerveiro Brasileiro ou Pampeano e Bianchini faz parte da história do Brasil desde o século XIX.

Surgiu na região dos pampas e cruzando as fronteiras, também abrange os países da Argentina e Uruguai. Acredita-se que descenda de cães primitivos, como o Podengo e o Ibicenco, que teriam chegado ao Brasil por meio de caravelas durante a colonização portuguesa. Foi criado para rastrear e caçar animais, sozinho, em dupla ou em matilha.

É encontrado em diversas regiões geográficas brasileiras, principalmente no Rio Grande do Sul. A raça luta pelo seu reconhecimento. Atualmente existe grande diversidade de tipos na raça, ocasionada pela extensão de área onde se desenvolveu e a ausência de preocupação cinotécnica.

Nome original

Veadeiro Pampeano

País de origem

Brasil

Características gerais

Aspectos raciais

Seu aspecto geral é de um cão rústico, de porte mediano e retangular. Possui cabeça de forma graióide, sendo o comprimento maior que a largura do crânio. O stop não é muito pronunciado, porém sempre presente. Sua trufa é cor de carne, marrom ou preta. O focinho tem comprimento igual ao do crânio; retilíneo; sendo admissível o nariz romano. Apresenta mordedura em tesoura (preferencialmente) ou em torquês.

Seus olhos são amendoados, de cor avelã em qualquer matiz, admitindo-se a cor esverdeada. Olhos azuis são indesejáveis. Suas orelhas são íntegras, pontiagudas, inseridas lateralmente, portadas em rosa e eretas quando em atenção.

Possui pescoço forte, tendo o mesmo comprimento do occiptal à ponta da trufa. O tronco tem aparência forte, o tórax é longo e o dorso, firme. O seu comprimento dá ao animal uma aparência retangular. Costelas com arqueamento discreto, para uma melhor aerodinâmica e função respiratória.

A movimentação deste cão é fluente e com passadas amplas. Ao trote, pode erguer a cauda acima da linha do dorso.

Os membros anteriores são paralelos, com patas de “lebre”, unhas escuras ou brancas. Os posteriores são musculosos e de boa angulação, com patas bem definidas; dígitos bem arqueados. Em ambos os membros, os coxins plantares são espessos e fortes. A cauda tem inserção mediana, portada baixa e de pelagem curta. 

Seus pelos devem ser curtos, retos, densos e ásperos; não apresenta subpelo. Cor: pode variar do branco ao amarelo leonino (baio escuro), sólidos ou podendo apresentar alguma mancha de uma destas cores. É permitida a presença de uma coleira branca e mancha branca no peito e nas patas.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Veadeiro Pampeano é bastante obediente ao tutor e geralmente amistoso e dócil com crianças. Porém é recomendado que seja supervisionado enquanto brinca com elas.

Convive bem na presença de outros cães, já que foi desenvolvido para caçar individualmente ou em grupo, exigindo que tenha comportamento grupal tranquilo. Devido a este forte instinto caçador, deve-se estar atento quando ele estiver próximo de pequenos animais.

É arredio na presença de estranhos, mas permite a aproximação sem se mostrar medroso ou agressivo.

Tem natureza independente, portanto é interessante que sejam estabelecidos limites através de treinamento. Por ser inteligente e obediente, o adestramento é bastante positivo, tornando-o um cão equilibrado.

É ideal que viva em ambiente amplo, pois necessita de espaço para se exercitar. É necessário que sejam praticadas atividades físicas intensas diariamente com o Veadeiro (sempre com a guia para evitar confrontos com outros animais), pois este possui alto nível de energia.

Recomenda-se banhá-lo ocasionalmente. Seus ouvidos devem ser observados e limpos com regularidade para evitar infecções.

Predisposição à doenças

Não há registro de predisposição a doenças específicas para esta raça.

Referências bibliográficas

Padrão Oficial da Raça Veadeiro Pampeano. CBKC. Disponível em: <http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_226.pdf>

Veadeiro Brasileiro – Raças Caninas. Pet Vale. Disponível em: < http://www.petvale.com.br/cachorros/racas-caninas/veadeiro-brasileiro/>

Veadeiro Pampeano. Mundo Animal. Disponível em: < http://mundoanimal.net.br/veadeiro-pampeano/>

Veadeiro Pampeano. Canal do Pet. Guia de Bichos. Disponível em: <http://canaldopet.ig.com.br/guia-bichos/cachorros/veadeiro-pampeano/57a23d6d5ac14f092055b3b5.html>

Imagem: Disponível em: < http://mundoanimal.net.br/veadeiro-pampeano/>