Yakutian Laika

Nome da Raça

Yakutian Laika

Porte

Grande

Peso

Fêmeas: 23 a 30 kg. Machos: 23 a 30 kg

Altura na Cernelha

Fêmeas: 53 a 57 cm. Machos: 55 a 59 cm

Nível de atividade

Média

Temperamento

Inteligente, amigável e sociável

Adestrabilidade

Alta

Introdução

Origem

Os antepassados do Yakutian Laika, também conhecido por Laika da Yakutia, são verdadeiramente antigos, cujo desenvolvimento remonta ao tempo da domesticação precoce de um lobo. Achados arqueológicos e análises modernas mostraram que os progenitores desta raça existiram há 7000 a 8000 anos atrás. Foi criado por aborígenes da região nordeste da Sibéria, na Rússia.

Ele era utilizado para caça, proteção da habitação, deveres com o gado e, finalmente, para trenó, certamente destacando-o dentre todas as demais raças de utilidade do mundo. Por ser fonte de proteínas e com peles nutritivas, foram sacrificados em rituais religiosos.

Em 1692, em Amsterdã, foi publicado pelo cientista-viajante holandês, geógrafo e etnógrafo, Nicolaas Cornellisson Witsen, um livro contendo gravuras que mostravam as maneiras de usar os cães como tração de transporte. Estas foram as primeiras imagens de cães Yakutian.

Devido a sua resistência, era usado em muitas expedições geográficas para o Extremo Norte. A maioria dos exploradores americanos do Ártico dependia fortemente de seus Laikas em suas viagens desafiadoras.

Sua popularidade diminui significativamente na década de 1990, restando apenas algumas centenas de Yakutians Laikas. Porém, neste mesmo período a raça renasceu e os esforços de preservação começaram a trazer a raça de volta à sua aparência e propósito originais. 

Nome original

Yakutian Laika (Якутская Лайка)

País de origem

Rússia

Características gerais

Aspectos raciais

Seu aspecto geral é de um cão forte, bem musculoso, compacto, moderadamente pernalta com uma grossa pele.

Sua cabeça tem formato de cunha moderadamente pontuda. Apresenta stop definido. A ponta da trufa é grande, com largas narinas, de cor preta ou marrom. O focinho é bem cheio sob os olhos, em forma de cunha. Os lábios são delgados e ajustados, bem pigmentados. Apresenta mordedura em tesoura ou torquês.

Possui olhos frontais e bem separados, mas não profundos, de forma amendoada. Podem ser marrom escuros, azul, e de cores diferentes (um marrom e um azul) ou com a presença de segmentos azuis na íris marrom. 

As orelhas são triangulares, inseridas altas, largas na base, grossas, eretas ou inclinadas e recobertas por pelo curto e grosso. Quando correndo, orelhas são deitadas para trás.

Seu pescoço é suficientemente longo e musculoso. O tronco é forte, musculoso com costelas arredondadas. A cauda está altamente inserida, enrolada para cima em um semi-círculo e encostada no dorso, coberta por uma pelagem grossa e abundante.

Apresenta membros fortes, musculosos, retos e posto em paralelo. As patas são arqueadas, com dedos firmemente juntos com coxins muito duros e resistentes, pelo espesso entre os dedos. As posteriores são ligeiramente maiores que as anteriores.

Sua movimentação é rápida e elástica. Os movimentos característicos são o trote rápido e o galope.

A pelagem é grossa, brilhante, reta, rústica ao toque, de comprimento médio, com subpelo denso e bem desenvolvido. No pescoço, ela pode formar uma juba, mais pronunciada nos machos; na parte de trás dos membros há um franjado cheio e, na ponta da cauda, há uma pequena pelagem em suspensão. Cor: Branca e qualquer outra mistura (duas ou três cores).

Tem expectativa de vida de 10 a 12 anos de idade.

Comportamento e cuidados

Comportamento e cuidados

O Yakutian é um cão amigável e que gosta de agradar seu tutor. É sociável com a maioria das pessoas se adequadamente socializado. Convive bem com crianças com as quais tenha sido criado, mas não tolera crianças desrespeitosas.

Dotado de nariz e ouvidos muito sensíveis, além de seu instinto protetor com sua família, pode ser um ótimo cão de guarda. Contudo, pode falhar no papel de guardião graças a sua natureza amigável.

Devido ao seu instinto caçador, recomenda-se atenção quando ele está perto de pets pequenos.

É relativamente fácil de ser treinado, embora às vezes possa ser teimoso. Não responde bem a adestramento áspero ou chato, portanto deve-se estimulá-lo em um treinamento divertido e otimista.

É ideal que viva em casas com amplos espaços para que possa gastar sua energia correndo e brincando. É necessário que sejam praticadas atividades físicas diárias com este animal, ao exemplo de longas caminhadas.

Seus pelos devem ser escovados semanalmente. Não é necessário a tosa excessiva de sua pelagem, já que é um cão de trabalho. Seu pelo repele naturalmente a sujeira e ela não exala odor desagradável, portanto os banhos são recomendados 2 a 3 vezes por ano. Seus ouvidos devem ser observados e limpos regularmente para evitar infecções.

O Yakutian não tolera locais muito quentes, pois a raça foi desenvolvida em regiões bastante frias.

Predisposição à doenças

Gastrointestinais

Dilatação Gástrica / Vôlvulo

Musculoesqueléticas

Displasia do Cotovelo

Displasia Coxo-femoral

Referências bibliográficas

Padão Oficial da Raça Yakutian Laika. CBKC. Disponível em: <http://cbkc.org/application/views/docs/padroes/padrao-raca_230.pdf>

Yakutian Laika. AKC. Disponível em: <http://www.akc.org/dog-breeds/yakutian-laika/>

Yakutian Laika. Petolog. Disponível em: <https://petolog.com/dogs/yakutian-laika>

Yakutian Laika. Wag Walging. Disponível em: <https://wagwalking.com/breed/yakutian-laika>

Imagem: Disponível em: <http://petshoptop.ru/en/info/dogs/breeds/yakutian-laika-179>